Após terceira queda, diretoria do Santos discute mudanças no sub-20

  • Daniel Vorley/AGIF

Tricampeão da Copinha e um dos maiores reveladores da história do futebol. É esta a pressão para quem trabalha nas categorias de base do Santos. E é por causa de três anos seguidos de eliminações precoces na Copa São Paulo que a diretoria do Peixe estuda uma reformulação na categoria sub-20.

Ainda nesta semana, o superintendente de esportes, Dagoberto dos Santos, prometeu fazer uma reunião com o gerente da base, Ronaldo Lima, para definir o futuro da categoria, em relação a jogadores e comissão técnica.

Desde 2015, os Meninos da Vila caíram na primeira fase, segunda e terceira, respectivamente. A última mudança na comissão técnica aconteceu no fim de 2015, quando Pepinho Macia deixou o comando da categoria e deu lugar a Marcos Soares, elogiado por Dorival Júnior.

Ainda assim, a diretoria considera que, mesmo com os resultados negativos, já foi possível colher frutos, como o atacante Arthur Gomes e o meia Matheus Oliveira, que são profissionais.

Ainda em 2017, o sub-20 do Santos vai disputar Campeonato Paulista, Copa Ipiranga, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Mesmo com a eliminação precoce, os garotos não se abalaram.

"Creio que responsabilidade sempre temos, não muda muito ter jogado uma Copinha já. Nós representamos o Santos, que historicamente revela bons jogadores, então isso já traz naturalmente. Infelizmente, não atingimos o objetivo. Agora temos de trabalhar para chegar ainda mais forte", disse o zagueiro Matheus Guedes, de 17 anos, que foi titular na Copinha e deve jogar o torneio do próximo ano.

Quer receber notícias do Santos de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos