Com dores, Cleber deixa treino do Santos mais cedo e será poupado

Além de precisar compensar a musculatura das coxas, o zagueiro Cleber precisará de outro cuidado no Santos. No treino da última segunda-feira, o defensor sentiu dores na panturrilha direita e deixou a atividade mais cedo, caminhando, mas com incômodo. Ele será poupado do trabalho com bola por até três dias e ficará na academia.

O defensor foi contratado nesta temporada. Ele estava no Hamburgo, da Alemanha, e tinha poucos minutos de jogo na última temporada. Segundo a comissão técnica do Peixe ele precisará também de exercícios específicos para igualar a massa muscular das coxas, para prevenir contra lesões ao longo da temporada.

Cleber foi contratado a pedido do técnico Dorival Júnior para suprir a ausência da dupla titular que está no departamento médico. Luiz Felipe e Gustavo Henrique passaram por cirurgias nos joelhos para reconstruir o ligamento cruzado e retornam no meio do ano.

O Peixe ainda conta com David Braz, Noguera, Lucas Veríssimo, Léo Coelho e Yuri improvisado na zaga.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos