Uendel é apresentado e revela influência da família na escolha

Novo reforço do Internacional, o lateral-esquerdo Uendel foi apresentado ao torcedor na tarde desta terça-feira. Em suas primeiras palavras como jogador colorado, o ala revelou influência da família na escolha. Apesar disso, ele destacou que o Inter não é o seu time de infância.

- Não foram poucos os motivos que me fizeram sair do Corinthians, no qual tinha mais dois anos de contrato. Precisava motivos fortes para vir para o Inter. O primeiro contato foi no dia 16 de dezembro. Eu falei ao meu empresário que se fosse o Inter mexia com meu coração. A família é toda colorada. Eu não sou colorado de criança. A família ficou toda feliz - afirmou Uendel, que tem 28 anos e é natural de Sombrio, no Sul de Santa Catarina, região com muita influência gaúcha.

Ele tem longo histórico no futebol do Sul do Brasil. No seu estado natal jogou no Avaí e no Criciúma. Também defendeu o arquirrival do Inter, o Grêmio, Flamengo, Fluminense e Ponte Preta. Desde 2014, estava no Corinthians.

Logo após revelar a influência da família, o lateral-esquerdo disse que estava acertado com o time desde o fim de semana. Apesar disso, o anúncio oficial só veio nesta terça-feira.

- Estou em Viamão desde domingo com o clube. Estava escondido a sete chaves. Apesar de não participar das atividades com bola, o fato de estar lá trocando ideias já foi bom. Participei mais das atividades físicas. Precisava esperar a situação contratual - completou Uendel, que fechou com o clube até o final de 2019.

Além dele, o Inter já trouxe o atacante Roberson, ex-Juventude, o zagueiro Neris, ex-Santa Cruz e meia D'Alessandro, que retorna de empréstimo. Isso sem contar o treinador Antônio Carlos Zago. O lateral-direito Alemão, ex Botafogo e o zagueiro Klaus, do Juventude, estão bem perto de fechar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos