Falcão se torna o 2º brazuca a entrar no hall da fama do futebol italiano

Na noite da última terça-feira, Paulo Roberto Falcão teve a sua exitosa passagem de cinco anos na Roma coroada. O ex-volante se juntou a Ronaldo Fenômeno e se tornou mais um brasileiro a entrar para o hall da fama do futebol italiano, em evento realizado em Florença.

Aos 63 anos, Falcão foi homenageado junto a outras personalidades do esportes, como Giuseppe Bergomi, Paolo Rossi, Claudio Ranieri, Graziano Cesari, Silvio Berlusconi, Melania Gabbiadini, Giulio Campanati, Cesare Maldini e Nils Liedholm, ex-técnico de Falcão na Roma, morto em 2007. Já no hall da fama do país, Diego Maradona também esteve no evento.

- Essa é uma honra dupla para mim, pois Liedholm também foi reconhecido. Ele foi a pessoa mais importante na minha jornada - disse Falcão, que é ídolo do Internacional.

Na Roma, Falcão conquistou um Campeonato Italiano, duas Copas e ainda foi vice da Liga dos Campeões. A história de sucesso do brasileiro fez a Federação Italiana rasgar elogios ao talento dele.

- Era um treinador em campo. Era cérebro, coração e pernas de seus times. Um gênio sem firulas - disse a entidade, que finalizou:

- Maestro sublime, motor irresistível, líder indiscutível, combinava a capacidade organizativa com a habilidade na finalização.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos