'Home sweet home!' Timão se solta mais cedo e goleia o Vasco na Florida

Quatro meses após ter sido demitido pelo Corinthians por maus resultados, o técnico Cristóvão Borges reencontrou o ex-clube na noite desta quarta-feira, pela Florida Cup. Do outro lado, Fabio Carille, seu antigo auxiliar, e que mostrou estar em seu "lar doce lar". Ou melhor, "home, sweet home". Com gols de Camacho, Marlone, do estreante Kazim e de Marquinhos Gabriel, o Timão goleou o Vasco por 4 a 1, e nem o golaço de Eder Luis fez diferença.

Apesar do Vasco ter tido uma boa oportunidade com Luan logo no início, o Corinthians foi quem aplicou o maior volume de jogo. Prova disso são as defesas de Martin Silva após chute de Rodriguinho e cabeceio de Balbuena logo depois. Aos 20 minutos, o bom ritmo empregado pelo time de Fabio Carille deu resultado, com arrancada de Camacho, linda tabela com Rodriguinho e uma batida precisa para abrir o placar.

Tudo bem que a tabela entre Camacho e Rodriguinho foi bonita, mas então encontremos outra palavra para definir o golaço de Éder Luis quatro minutos depois: deslumbrante, fascinante, impressionante... Algo nessa linha. Em felicidade única, o atacante do Vasco acertou o ângulo de Cássio, que estava um pouco adiantado, mas não a ponto de comprometer. Muito mais méritos do vascaíno do que deméritos do corintiano.

O Corinthians seguiu dominando e voltou a ficar em vantagem em nova jogada de pé em pé, agora com arrancada de Marlone, passe de Romero e conclusão de Marlone no cantinho do gol de Martin Silva. Enquanto o Timão buscava infiltrações e jogadas trabalhadas, o Vasco atacava com mais cautela e só Nenê conseguia abrir espaços na defesa adversária.

Para o segundo tempo, Fabio Carille mudou os 11 logo no intervalo, enquanto Cristóvão Borges foi mudando aos poucos. Sem os times titulares em campo, o ritmo obviamente caiu. O nível também.

Tanto é que os gols marcados pelo Corinthians para definir o placar, aos 36 e 44 minutos da etapa complementar, foram oriundos de falhas da marcação vascaína, um com finta de Marquinhos Gabriel e cabeceio do estreante Kazim e o outro concluído por Marquinhos com passe de Kazim. Este sim fala inglês. E diria assim: "come back later, Cristóvão" (volte depois, Cristóvão).

O Corinthians disputa a final da Florida Cup no sábado, contra São Paulo ou River Plate (ARG). O Vasco disputa o terceiro lugar contra quem sair derrotado deste confronto.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 4 CORINTHIANS

Local: Bright House Network Stadium, Orlando (EUA)

Data-Hora: 18/1/2017 - 22h

Árbitro: Esteban Rosano (EUA)

Auxiliares: Abdel Kuttaineh (EUA) e Hassan Belmnahia (EUA)

Público/renda: Não disponíveis

Cartões amarelos: Rodrigo, Julio dos Santos e Thalles (VAS), Paulo Roberto, Gabriel (COR)

Gols: Camacho (20'/1ºT) (0-1), Éder Luís (24'/1ºT) (1-1), Marlone (45'/1ºT) (1-2), Kazim (36'/2ºT) (1-3) e Marquinhos Gabriel (44'/2ºT) (1-4)

VASCO: Martín Silva; Madson (Yago Pikachu, aos 11'/2ºT), Luan (Rafael Marques, aos 32'/2ºT), Rodrigo e Henrique (Alan, aos 21'/2ºT); Evander (Bruno Gallo, aos 41'/2ºT) e Julio dos Santos (Andrezinho, aos 24'/2ºT); Guilherme (Escudero, aos 11'/2ºT), Nenê e Éder Luís (Mateus Pet, aos 11'/2ºT); Thalles . Técnico: Cristóvão Borges.

CORINTHIANS: Cássio (Caíque, no intervalo); Fagner (Léo Príncipe, no intervalo), Pedro Henrique (Yago, no intervalo), Balbuena (Vilson, no intervalo) e Moisés (Marciel, no intervalo); Gabriel (Cristian, no intervalo); Romero (Giovanni Augusto, no intervalo), Rodriguinho (Paulo Roberto, no intervalo), Camacho (Guilherme, no intervalo) e Marlone (Marquinhos Gabriel, no intervalo); Jô (Kazim, no intervalo). Técnico: Fabio Carille.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos