'Louco' para voltar, Calleri já prefere o São Paulo ao Boca Juniors

Apesar das últimas negativas, o atacante argentino Jonathan Calleri continua empenhado em sua missão de retornar ao São Paulo. O pai do jogador tem conversado constantemente com o grupo de empresários que o comprou na tentativa de conseguir um aval para voltar ao Tricolor, mas até o momento não obteve sucesso. As negociações, porém, refletem mais uma vez o carinho que o jogador e sua família desenvolveram pelo clube brasileiro, ao ponto de não cogitarem uma volta ao seu país de origem no momento.

Para sair da Inglaterra, onde não se adaptou ao West Ham (ING), Calleri prefere voltar ao São Paulo do que um possível retorno ao Boca Juniors (ARG), clube que o elevou ao cenário internacional. Isso se explica pelo carinho com o Tricolor e o modo como deixou os Xeneizes.

Calleri não queria ter saído do Boca no início do ano passado. Naquele momento, realizava o sonho de jogar em um grande de seu país, formando dupla de ataque com o já consagrado Carlitos Tevez. A parceria teve sucesso, tanto que Tevez chegou a dizer que sentia falta do ex-parceiro depois que Calleri foi para o São Paulo. Mas o Boca decidiu que era hora de negociá-lo e fazer dinheiro. O modo como isso aconteceu não agradou ao jogador e sua família. Ficou bronca com alguns dirigentes.

Com a iniciativa do Boca, Calleri ficou sem alternativa até que surgiu o grupo de empresários ingleses dispostos a comprá-lo. Naquele momento, os investidores o ajudaram a contornar uma situação difícil e ainda permitiram que ele jogasse seis meses no Brasil antes de ir à Europa. Foi o início da relação de amor com o São Paulo e o atleta é grato a isso. Por isso, tem respeitado a palavras dos empresários, embora a insatisfação tenha ficado clara nas últimas conversas.

Nas redes sociais, é fácil perceber a sintonia maior de Calleri com o São Paulo. O jogador ainda mantém em sua conta no Twitter uma foto comemorando gol pelo Tricolor como imagem de perfil. Volta e meia replica mensagens de torcedores do clube, inclusive campanhas para sua volta. Recentemente, reproduziu mensagem de um torcedor prometendo batizar seu filho de Calleri se o argentino voltasse ao Morumbi.

Calleri e família se sentiram acolhidos no São Paulo, amados e onde foram felizes. Essa é a principal razão de brigarem para uma volta agora. Mas eles também são gratos a quem estendeu a mão em um momento difícil de saída do Boca Juniors. O torcedor tricolor, enquanto isso, espera com ansiedade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos