Dudu cita até Cuca após convocação, e Vitor Hugo resume: 'Que da hora!'

Quando Tite divulgou a convocação para o amistoso contra a Colômbia, dia 25, no Engenhão, os jogadores do Palmeiras treinavam na Academia de Futebol. Apenas no intervalo entre uma atividade no campo e outra, Vitor Hugo e Dudu receberam a confirmação do chamado. O atacante reagiu de forma mais tímida, e o zagueiro, lembrado pela primeira vez, mostrou-se surpreso:

- Sério? Que da hora! - respondeu Vitor à equipe de comunicação do Verdão ao ser informado, ainda no campo. Minutos depois, o zagueiro e o atacante comemoraram a oportunidade na sala de imprensa do Verdão. Para o camisa 4, a sensação se assemelha a do nascimento de seu filho, Pietro.

- Não tem explicação, eu estava pensando na minha reação. Foi quase a mesma de quando minha esposa teve o Pietro. Não tem explicação. A gente sente o trabalho reconhecido. Vestir a camisa da Seleção não tem preço não, 'cê' é louco. Que a gente possa se manter, mas não tem explicação este sentimento - acrescentou.

Vitor e Dudu estavam bem descontraídos e riram bastante durante a entrevista. O atacante, que volta à Seleção depois de seis anos, agradeceu até Cuca, ex-técnico do Palmeiras, que o tornou capitão no Brasileiro de 2016.

- Feliz pela oportunidade, agradeço ao Tite, à comissão técnica da Seleção, aos meus companheiros, ao Cuca. A concorrência é grande, mas vamos trabalhar para nos manter - acrescentou.

Os dois estarão no elenco para o "Jogo da Amizade", que terá toda a renda revertida para as famílias vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense. Havia a expectativa de que mais jogadores do atual campeão brasileiro estivessem na lista, como Jean, Moisés e Tchê Tchê. Dudu citou até Jailson, goleiro invicto no último Brasileiro.

- Não falei (com os que não foram convocados) ainda, mas esperava que mais gente fosse chamada. Triste por eles, mas se continuarem fazendo o mesmo trabalho a hora deles também vai chegar. O Jailson podia ter sido chamado - completou o camisa 7.

?

A última vez que o Palmeiras teve dois atletas convocados para a Seleção principal foi em 2013, quando Luiz Felipe Scolari chamou o zagueiro Henrique e o atacante Leandro - os dois já saíram do Verdão. Em 2016, Fernando Prass e Gabriel Jesus estavam na lista dos Jogos Olímpicos, mas o goleiro fraturou o cotovelo direito e acabou cortado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos