Após se imaginar titular e ser banco, Sidão comemora defesas de pênaltis

Autor de duas defesas de pênaltis na semifinal da Florida Cup contra o River Plate (ARG), Sidão estreou pelo São Paulo como herói ao garantir o time na final. No entanto, o arqueiro indicado por Rogério Ceni imaginou outra roteiro para a noite desta quinta-feira em St. Petersburgh nos Estados Unidos. Ele confessou após o embate que esperava ser titular. Mas, como Denis foi o escolhido por Ceni, ele se contentou com o desfecho heroico.

- A gente acaba fazendo planos, mas Deus sabe o que faz. Na minha cabeça eu queria sair jogando, porque aí eu saberia que seria titular. Mas Deus preparou uma forma melhor de estrear e pude a ajudar o São Paulo a disputar um título já neste início de ano - afirmou o goleiro, em entrevista à ESPN depois da partida.

Sidão entrou no intervalo quando Rogério Ceni mudou quase o time inteirou e defendeu as cobranças de Martinez e Moya, que garantiram a vitória do Tricolor sobre o River e a final da Florida Cup contra o Corinthians. Após o jogo, Ceni falou sobre sua escolha e elogiou o goleiro por ele indicado.

- Sidão foi muito importante, mas poderia ter sido o Denis. Foi uma vitória pessoal dele, aos 34 anos defender dois pênaltis na primeira partida pelo São Paulo. A estrela do time foi o conjunto, como criou oportunidades, como deixou os companheiros na cara do gol, mas é claro que a imagem final é o Sidão. A estrela brilhou para todos que se comprometeram - analisou o treinador.

Vale ressaltar que a defesa mais difícil da partida no tempo normal foi feita por Denis, em chute forte no primeiro tempo. Agora, o Tricolor volta a campo no próximo sábado, às 21h (de Brasília) para encarar o Corinthians pela final da Florida Cup.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos