Nenê 'Monumental'! Com gol de falta, Vasco vence River e fica em terceiro na Florida Cup

O panorama era bem diferente de 1998 mas, contra o River Plate , o torcedor do Vasco saiu da Florida Cup com um sabor "Monumental". Com uma cobrança de falta de Nenê, o Cruz-Maltino bateu os argentinos por 1 a 0 neste sábado, e terminou a competição em terceiro lugar, em uma partida na qual jogou para o gasto diante de sua "vítima" na semifinal da Copa Libertadores.

JOGO TRUNCADO MARCA ETAPA INICIAL

Nem mesmo o ímpeto das duas equipes foi suficiente para evitar uma etapa inicial truncada. O River Plate tomava a iniciativa do jogo, em avanços de Jorge Moreira, mas esbarrava na marcação, enquanto o Vasco era anulado diante de sua lentidão ao tentar ir para o ataque. O fraco nível técnico rendeu momentos ríspidos, como o choque entre Henrique e Jorge Moreira e a saída de Evander por lesão.

Em meio à forte marcação dos dois lados, a primeira chance clara veio aos 20 minutos, quando Thalles bateu rasteiro e Batalla encaixou. Os Millionarios responderam com Driussi obrigando Martín Silva a fazer defesa à queima-roupa.

Porém, o Cruz-Maltino seguiu encontrando brechas, e viu Yago Pikachu concluir rente à trave. A melhor chance da equipe de Cristóvão Borges veio quando Thalles foi lançado e tocou por cobertura na saída de Batalla, mas a bola carimbou o travessão.

RIVER TEM DOIS GOLS ANULADOS, E NENÊ MARCA DE FALTA

O ritmo acelerado marcou a volta do intervalo. Luan desdobrou-se na marcação para evitar que Driussi finalizar diante de um Martín Silva batido. O River Plate seguiu em cima e chegou a comemorar duas vezes, após conclusões de Alario e Mora para a rede, mas o bandeirinha anulou os dois gols por impedimento.

Aos trancos e barrancos, o Vasco foi tentando investidas para Thalles. E, finalmente, chegou ao gol aos 29 minutos. Nenê cobrou falta com precisão, sem chances para Batalla e com um sabor de nostalgia pela Libertadores de 1998.

A desvantagem fez os Milliionarios se lançarem de vez à frente, assustando com Maidana e Mayada. Porém, a forte marcação do Vasco voltou a funcionar, e fez o vascaíno sair da Flórida com um gostinho "monumental" de seus velhos tempos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos