Com dedo em riste, Maicon grita com corintiano. E promete "sangue no olho"

O zagueiro Maicon virou um dos principais personagens do clássico entre do São Paulo e Corinthians, no último sábado, ao se envolver em uma briga que resultou em sua expulsão aos 17 minutos do primeiro tempo. E, antes de deixar o gramado, o zagueiro são-paulino saiu esbravejando e com o dedo em riste em direção aos corintianos.

Uma leitura labial das imagens sugere que Maicon disse: " Espera, o que é seu está guardado!". Porém, não fica claro para quem a mensagem era destinada. 

A polêmica foi também para as redes sociais. Maicon postou uma mensagem no Instagram na qual disse que continuará defendendo o São Paulo com raça.

"Sou contra violência mas sou como qualquer outra pessoa, todos nós cometemos erros e acertos. Uma coisa é certa, vou defender esse escudo com toda vontade e raça jogando ou não sou São Paulo e o resto é letra ! Sangue no olho!"

Também no Instagram a mulher de Maicon, Ursula Roque, apoiou a atitude do marido e avisou:

"Está certinho. Carinho você dá em mim. Eles estão com medinho", escreveu.

Reprodução/Instagram
Tudo começou após o lateral Bruno dar uma solada na cabeça de Marquinhos Gabriel. Por causa da confusão, o árbitro decidiu expulsar Kazim, do Corinthians, e Maicon, do São Paulo. Autor da entrada que deu início à briga, Bruno seguiu em campo sem ser advertido.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos