Carille condena confusão em clássico e valoriza atuação do Corinthians

O técnico Fabio Carille condenou a confusão durante o primeiro tempo do clássico entre Corinthians e São Paulo, neste sábado, pela final da Florida Cup. O Timão perdeu o título nos pênaltis, por 4 a 3, após empate sem gols nos 90 minutos da partida.

- Jogo contra o São Paulo normalmente não é amistoso em lugar nenhum, mas não pode acontecer. Tem que trabalhar e jogar firme na bola. Futebol é assim, não isso que teve hoje (sábado) - afirmou Carille.

- Sabíamos que isso poderia acontecer. Trabalhei meu lado e tenho certeza de que o Rogério (Ceni) trabalhou o lado dele para ser um jogo na bola, mas tem coisas que fogem da nossa mão. Não é bonito o que aconteceu, não faz parte do futebol. Tem que trabalhar para que isso não aconteça nos próximos classicos - acrescentou.

Apesar de ter saído derrotado nos pênaltis, Carille valorizou a atuação corintiana principalmente no segundo tempo. O treinador, por outro lado, admitiu a superioridade são-paulina no início da partida.

- No primeiro tempo, até as expulsões (de Kazim e Maicon), o São Paulo teve um volume de jogo maior, e a gente com dificuldade para marcar. Depois das expulsões, conseguimos nos organizar. No segundo tempo, mudando as características dos jogadores, ficamos ainda melhores e criamos as oportunidades mais claras - disse Carille, que não substituiu apenas o goleiro Cássio.

Após a participação na Florida Cup, com vitória por 4 a 1 sobre o Vasco e derrota nos pênaltis para o São Paulo, o Corinthians embarca na noite deste domingo. A previsão de chegada é segunda, às 8h.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos