Elogiado até pelo presidente, Vitinho vê Jesus como espelho no Palmeiras

Bastaram 45 minutos contra a Chapecoense para Vitinho bagunçar a defesa adversária e encantar os torcedores palmeirenses após empate em 2 a 2 com o time de Chapecó. O golaço marcado na segunda etapa rendeu elogios do presidente e do técnico Eduardo Baptista para jovem que se espelha em Gabriel Jesus.

Substituto de Raphael Veiga, logo depois do intervalo, Vitinho mudou o cenário da partida com jogadas de personalidade e muita habilidade, chamou o jogo para si e acabou marcando um lindo gol de fora da área, seu primeiro como profissional.

- Vou rever o gol muitas vezes, a gente sonha muito com o primeiro no profissional, sonha fazer parte do grupo, principalmente a gente que está subindo da base, como o Gabriel Jesus, que é um espelho pra todos nós, não só pra mim, como para todos os garotos da base - comemorou.

O jogador, que já está em seu segundo ano no profissional, vem se destacando nos treinamentos. No jogo-treino contra a União Barbarense, ele deu uma bonita 'caneta' em seu marcador, algo que deixou os palmeirenses encantados durante a última semana.

Esse roteiro lembra um pouco aquilo que ocorreu com Gabriel Jesus em sua ascensão meteórica. Vitinho, porém, prefere evitar comparações com o amigo, e como disse anteriormente, vê o ex-companheiro como espelho.

- Acho que é uma honra ser comparado com Jesus, mas eu não vejo dessa forma, eu tenho uma característica, ele tem a dele, o nosso estilo é até um pouco parecido, ele é um pouco mais forte do que eu, mas ele é um excelente jogador, me espelho muito nele, já falei isso pra ele também, a gente tem uma amizade verdadeira, hoje ele está seguindo o caminho dele e eu vou lutar pelo meu espaço aqui.

O encantamento por Vitinho não fica apenas entre os torcedores comuns, a admiração pelo jovem do Alviverde vem também do comandante Eduardo Baptista, que já sabia do potencial do garoto antes mesmo de assumir o Verdão, mas prega cautela.

- Vitinho já vi jogar na Ponte Preta, ele foi fazer uma Copa do Brasil (sub-20) e ele tinha arrebentado com o jogo. Aquele dia já me chamou a atenção. Quando vim para cá, a primeira pergunta que fiz foi: "onde está este menino?". É um jovem, ele vai oscilar e temos de ter o cuidado de ir dosando. Ele foi premiado com o gol pela personalidade, vai ser trabalhado e tomara que tenha um futuro brilhante pela frente - afirmou.

Mas os elogios não pararam por aí, eles vieram também de instâncias superiores, do presidente Maurício Galiotte, que apesar de colocar amistoso contra a Chape em primeiro plano, não deixou de valorizar o feito da cria da base palmeirense.

- Foi um belo gol (do Vitinho), mas eu repito: o nosso objetivo aqui é maior do que o jogo, do que o gol. É ajudar a Chapecoense, encher a Arena Condá, ajudar. Agora, que o gol foi bonito, sem dúvida que foi bonito - finalizou.

Vitinho e a delegação do Palmeiras voltaram a São Paulo ainda na noite desse sábado. No próximo domingo, dia 29, o Verdão faz outro amistoso, dessa vez em casa, no Allianz Parque, contra a Ponte Preta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos