Presidente do Palmeiras recebe presente em Chapecó após amistoso

  • Palmeiras/Divulgação

    Maurício Galiotte (esq.) recebeu uma réplica da estátua de Chapecó

    Maurício Galiotte (esq.) recebeu uma réplica da estátua de Chapecó

Depois do amistoso de sábado, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, foi presenteado com a réplica da estátua de Chapecó (SC), o principal símbolo da cidade.

O dirigente participou na Arena Condá da entrega de medalhas do título da Copa Sul-Americana aos familiares dos jogadores que morreram no acidente aéreo na Colômbia, em 29 de novembro.

"O Palmeiras fará tudo que estiver ao seu alcance para ajudar a Chapecoense. Tenho certeza que saímos daqui muito melhores como seres humanos do que quando chegamos", afirmou o dirigente.

A diretoria do Verdão tem ajudado o clube catarinense desde o acidente. No amistoso deste sábado, todo o valor da renda ficou com a Chapecoense, e os custos da viagem ficaram a cargo do Palmeiras.

Nathan, João Pedro e Amaral foram os jogadores emprestados pelo atual campeão brasileiro ao clube catarinense. O volante, inclusive, foi autor de um gol no empate em 2 a 2.

Maurício, depois da partida, disse que o mais importante do jogo foi poder colaborar com a reconstrução da Chape, que fez contra o Verdão sua primeira partida desde a tragédia que matou 71 pessoas entre jogadores, comissão técnica, diretoria, jornalistas e tripulação.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos