Após 'teste para cardíaco', Abner, da Cabofriense, sonha com classificação

O atacante Abner estreou como titular no Campeonato Carioca em grande estilo. Escalado desde o início na partida contra o Nova Iguaçu, no sábado, ele ajudou a Cabofriense a conseguir a primeira vitória na fase inicial do Estadual, por 3 a 2, e recolou a equipe da Região dos Lagos na briga por uma vaga na fase principal do torneio.

- É gratificante poder fazer o que eu mais gosto e ajudar meus companheiros. Voltar a sentir aquele friozinho na barriga, de jogar, e ser titular, é uma sensação diferente. Fizemos um bom jogo e conseguimos colocar em prática o que nos foi passado. Cochilamos no início do segundo tempo, mas a equipe está de parabéns. Foi teste para cardíaco (risos). Só a vitória nos interessava e ela veio. No último lance, mas veio - disse, lembrando o gol de Pedro, nos acréscimos do segundo tempo.

O jogador de 21 anos acredita que o resultado positivo veio em ótima hora, já que na próxima rodada a primeira fase se encerra. De acordo com Abner, o ambiente irá melhorar e o elenco trabalhará mais alegre para enfrentar a já classificada Portuguesa, no Eduardo Guinle, terça-feira, às 16h30.

- Quando você ganha uma partida, o ambiente é outro, fica tudo mais alegre, e quando fazemos as coisas com alegria fazemos melhor. Por isso esse resultado vai nos dar mais força para essa última rodada da primeira fase - afirmou Abner.

A conta para a Cabofriense se classificar é simples: precisa derrotar a Lusa e torcer para o Nova Iguaçu não vencer o Bonsucesso. E em caso de vitória da equipe da Baixada, que tem os mesmos cinco pontos do time de Cabo Frio, Abner e seus companheiros devem vencer e tentar ultrapassar o saldo de gols do rival (Nova Iguaçu tem saldo de um gol, enquanto a Cabofriense está com saldo zero).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos