Vôlei: Abel Havan Brusque e ADC largam na frente na Superliga B

A quarta edição da Superliga B feminina teve início no último sábado com duas partidas. No primeiro jogo do dia, o ADC Bradesco (SP) conseguiu estrear com vitória em casa, e bateu o ACV/UnoChapecó/Orbenk (SC) por 3 sets a 1 (25/13, 20/25, 25/15 e 25/17), em 1h43 de duelo no ginásio Bradesco, em Osasco (SP). Com o resultado o time paulista assumiu a liderança da competição.

Na sequência, diante de mais de 1.500 expectadores em Curitiba (PR), o Abel Havan Brusque (SC) venceu uma batalha de cinco sets contra o Clube Curitibano/BRH-Sulflex (29/27, 25/23, 21/25, 22/25 e 15/11), em 2h28 de confronto no ginásio do Clube Curitibano. O treinador da equipe catarinense, Maurício Thomas, ficou feliz com o resultado e com a atitude das comandadas em quadra. O técnico, que também está à frente da seleção infanto-juvenil feminina do Brasil, aproveitou para elogiar a torcida e a equipe adversárias. A vitória deixou o time de Brusque na vice-liderança na tabela.

- Foi um jogo muito bonito. A torcida curitibana está de parabéns, foi vibrante do começo ao final. Este foi um belo teste para as meninas que são muito novas, algumas da seleção infanto-juvenil brasileira. Conseguiram contribuir bastante em um jogo tenso como foi este. Não desistiram em nenhum momento. Fico feliz quando vejo um clube como o Curitibano, dá valor ao voleibol da forma que vimos aqui - destacou Maurício.

A partida que completa a rodada inaugural acontece nesta terça-feira entre Grêmio Recreativo Barueri (SP), do técnico José Roberto Guimarães, e São José dos Pinhais (PR), no José Corrêa, em Barueri (SP), às 19h30. Já o São Bernardo Vôlei (SP) inicia a participação na disputa apenas na próxima jornada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos