Willian Arão mostra descontentamento por jogo do Fla fora do Rio: "é ruim"

  • Alex Carvalho/Agif

Sem "casa" no ano passado, o Flamengo teve de rodar o Brasil para mandar suas partidas. Para evitar o mesmo problema nesta temporada, o clube assumiu a gestão do Estádio Luso-Brasileiro e mira o Maracanã. No entanto, com a indefinição no caso do Maracanã e as obras ainda em andamento na Ilha do Governador, o início de 2017 também terá viagens.

O volante Willian Arão não esconde o descontentamento por ter de jogar longe do Rio na estreia do Campeonato Carioca. No próximo sábado, o time rubro-negro enfrenta o Boavista, na Arena das Dunas, em Natal, no Rio Grande do Norte.

"Como jogador, não falo muito sobre isso. Sou pago para jogar, independentemente do lugar. Todos sabem que é ruim o deslocamento, estar viajando sempre, poderíamos jogar em casa. Mas a diretoria que resolve. Obviamente, é ruim, não sabemos como está o gramado lá, as condições climáticas. É complicado, mas somos pagos para jogar. Temos que fazer o nosso melhor e ganhar", disse o atleta em entrevista coletiva concedida no Ninho do Urubu.

As obras no Luso-Brasileiro devem ser finalizadas em meados de março. Até lá, o Flamengo vai mandar seus jogos em outras praças. Na estreia da Primeira Liga, por exemplo, contra o Grêmio, o Rubro-Negro vai jogar no Mané Garrincha, em Brasília. No último sábado, o Fla viajou até Goiânia para amistoso contra o Vila Nova no Serra Dourada.

A estreia do Rubro-Negro na principal competição do ano - Copa Libertadores da América - será no dia 8 de março, em local ainda a definir.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos