Sina de 2016 se repete no Santos, e Dorival já tem cinco baixas em teste

  • Ivan Storti/Santos FC

A segunda colocação do Brasileirão de 2016 foi comemorada pelo Santos sobretudo por ter disputado o campeonato em sua maioria sem o time considerado ideal. Para a tristeza do técnico Dorival Júnior, 2017 não começa tão diferente.

Nesta terça-feira, o Peixe fará um jogo-treino contra o Nacional-SP, no CT Rei Pelé, e o treinador terá a chance de esboçar um time pela primeira vez no ano, mas não poderá escalar a equipe ideal, já que tem cinco desfalques.

Na defesa, Cleber e David Braz são as baixas. Ambos tratam desconfortos na panturrilha direita, sendo que o segundo tem uma ruptura considerada leve. Para a estreia do Peixe no Paulistão, no dia 3, só o primeiro deve ter condições.

Já no ataque, três, sendo dois titulares, não estarão no CT Rei Pelé. Copete e Vladimir Hernández estarão servindo à seleção da Colômbia, enquanto Ricardo Oliveira se recupera de caxumba.

Na atividade, Dorival poderá fazer alterações ilimitadas e terá três tempos de 30 minutos para fazer testes. Leandro Donizete, Matheus Ribeiro e Kayke terão suas primeiras chances, além de Thiago Ribeiro, que retornou de empréstimo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos