'Apesar de ter importância no elenco, acredito que não volta como titular'

Até a terceira rodada do Campeonato Carioca, Marcelo Mattos pode voltar a atuar no elenco cruzmaltino. O jogador passou por cirurgia após ruptura do ligamento cruzado no joelho direto em dividida com Jorge Henrique em treino no São Januário. Constatada séria lesão, o volante foi submetido a uma cirurgia e ficaria seis meses sem poder atuar.

O período de recuperação foi reduzido para cinco meses, após notável desenvolvimento do atleta nas atividades. No meio de janeiro, quando completou pouco mais de 3 meses, Marcelo Mattos já participava de treinos táticos e técnicos com bola, trabalhando com a mesma intensidade dos demais jogadores durante a pré-temporada, na Flórida.

Em 2016, o volante entrou em campo 35 vezes, 34 como titular, participando de 23 vitórias, oito empates e quatro derrotas. Apesar de rápida recuperação, Marcelo Mattos, que tem contrato com o Vasco até dezembro de 2017, só reestreia com o time no Campeonato Carioca.

Geovani, ídolo do Vasco nas décadas de 80 e 90, conhecido como 'O Pequeno Príncipe', acredita na importância do volante para o elenco, mas acrescenta que Marcelo Mattos não deve voltar à posição como titular de imediato.

- O Campeonato Carioca é uma forma de aprimorar o futebol para os próximos grandes torneios, como o Brasileirão. O Marcelo Mattos é importante no time principalmete por ter facilidade em roubar a bola. Apesar de ter importância no elenco, acredito que o ele não volta como titular. Devem trabalhar o volante com a possibilidade de entrar em forma aos poucos, iniciando algumas partidas como reserva, e poder se desenvolver, voltando à posição como titular.

Para Luiz Fumanchu, campeão carioca pelo Vasco em 1977, Marcelo Mattos deve se firmar logo como titular, porque sua ausência intensificou o sofrimento do Vasco no acesso à Série A.

- Ele começou os treinamentos bem este ano e fez falta ao Vasco no segundo turno da Série B. O time sofreu uma queda e se tivesse o Marcelo Mattos, com certeza o martírio não seria tão grande. O volante precisa de um tempo para se readaptar, mas tem condições se tornar titular rapidamente, porém gradativamente. Apesar de já estar treinando com o time, ele não deve iniciar o Campeonato entrando de cara como titular. Deve participar de jogos treinos, entrar no final das primeiras partidas oficiais, mas é importante que conquiste a vaga logo, porque é um jogador que faz falta ao time.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos