ATUAÇÕES: Bota sofre com carrasco e seu ex-jogador, destaques do jogo

O Botafogo fez sua estreia no Campeonato Estadual nesta quarta-feira, e acabou sendo derrotado pelo Madureira por 2 a 0 em Moça Bonita. Os melhores em campo foram dos vencedores: Souza, Rafael Santos e Geovane Maranhão. Pelo Alvinegro, Renan Fonseca e Lindoso foram os piores. Estreante do dia, Montillo buscou jogo, mas não brilhou. Confira as notas abaixo.

MADUREIRA

6,5

Rafael Santos

Ótimas intervenções. Um dos melhores do time.

5,5

Ruan

Vinha muito mal até o cruzamento para o gol de Souza.

5,5

Diego Guerra

Teve certo trabalho para conter o ímpeto do ataque alvinegro.

6,0

Jorge Felipe

Esteve melhor protegido e ainda mostrou mais qualidade que o companheiro de zaga.

5,0

Wellington Saci

Experiente, deveria ter contribuído mais.

6,0

Leandro Carvalho

Fez simples e teve boa atuação.

5,5

William

Deixou a desejar quando foi ao ataque.

6,0

Douglas Lima

Boa opção de velocidade. Deu muito trabalho.

5,5

Bruno

Burocrático, não tentou nada de diferente e foi substituído.

6,0

Luciano Naninho

Cresceu de produção, sendo importante na criação.

6,0

Julio Cesar

Ao contrário de Saci, soube usar sua experiência à favor do Madureira. Recuou com a entrada de Souza.

6,5

Souza

Letal na chance que teve. Ainda deixou Maranhão na boa para marcar.

6,5

Geovane Maranhão

Primeira 'Lei do ex' de 2017. Aproveitou bem a chance. 6,5 PC Gusmão Madureira fez o simples diante de um rival pouco inspirado.

BOTAFOGO

5,5

Gatito Fernández

Fez o que esteve ao seu alcance. Garantiu certa emoção em alguns lances, mas não comprometeu.

5,0

Jonas

Começou muito bem, mostrando qualidade na bola parada, mas caiu de rendimento e foi muito mal na marcação.

4,5

Renan Fonseca

Disperso, foi facilmente envolvido pelo ataque do Madureira. Tentou empurrar Souza no lance do primeiro gol, o que foi patético.

5,5

Emerson Silva

Superior ao companheiro pelo fato de não ter falhado tanto. Foi quem menos comprometeu na frágil defesa alvinegra em Bangu.

5,0

Victor Luís

Demorou muito para fazer a recomposição. Tentou ser agressivo no ataque, mas não mostrou a qualidade vista muitas vezes em 2016.

5,0

Bruno Silva

Falhou e quase permitiu gol de Douglas Silva. Cresceu de produção depois, tendo desempenho razoável na marcação.

5,0

Airton

Empolgou o torcedor com dribles e jogadas de efeito, mas não jogou para o time como costuma fazer. Acabou substituído.

4,5

Rodrigo Lindoso

Muito mal na marcação, errando coberturas. É o primeiro candidato a deixar o time para a volta de Camilo.

5,5

Montillo

Tardou para "entrar" no jogo e não rendeu o esperado sendo o único encarregado de armar o time. Mas não se omitiu.

5,0

Rodrigo Pimpão

Não teve êxito ao evitar o cruzamento que gerou o gol de Souza. Tentou ser eficaz no ataque, mas não teve a objetividade como aliada.

5,0

Roger

Não se omitiu, lutou, tentou ser opção e incomodar a zaga adversária. Faltou objetividade nas poucas chances que teve contra o Madureira.

5,5

Sassá

Entrou bem, garantindo mais força ao ataque. Já começa a provar que pode desbancar Roger e ser a referência do ataque alvinegro.

5,0

Leandrinho

Tentou fazer a diferença, mas não teve a inspiração necessária para atingir tal objetivo.

-

Vinícius Tanque

Teve menos tempo que Leandrinho, errou um domínio de bola e, depois, nada fez. Fica sem nota.

5,0

Jair Ventura

É mais do que fundamental a volta de Carli e um ajuste maior na linha defensiva. Camilo também fez muita falta (Montillo que o diga).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos