São Paulo anuncia compra e fica com Shaylon até janeiro de 2021

  • Ivan Altman/saopaulofc.net/Divulgação

O São Paulo concluiu o negócio para ter o meia Shaylon em definitivo. Nesta quarta-feira, a diretoria do Tricolor se reuniu com o garoto no CT da Barra Funda e assinou o novo contrato com validade até 31 de janeiro de 2021. A Chapecoense abateu o valor da compra, estipulada em R$ 500 mil, com o empréstimo e o pagamento de salários do lateral esquerdo Reinaldo.

"Estou muito feliz que deu certo, e quero seguir com o meu trabalho para crescer ainda mais profissionalmente. Espero dar bons frutos ao São Paulo, porque dou o meu melhor sempre ao vestir esta camisa", projetou a revelação, promovida aos profissionais no início do mês por Rogério Ceni.

Shaylon chegou ao Tricolor no segundo semestre de 2014, em empréstimo de um ano e meio renovado no início de 2016. O novo vínculo terminou na última sexta-feira, mas as bases da compra já estavam definidas com a Chape. O último detalhe da transação era a divisão dos direitos econômicos do meia. Inicialmente, o São Paulo teria 60%, contra 40% dos catarinenses. 

As duas partes ainda tentavam aumentar a participação no atleta e o resultado final não foi divulgado na nota oficial do time paulista. Campeão três vezes e artilheiro do sub-20 no ano passado, Shaylon fez apenas um jogo como profissional, no empate em 0 a 0 com o River Plate (ARG) na semifinal da Florida Cup. Além disso, disputou dois jogos-treinos, com três gols marcados.

"Foi uma experiência muito boa, porque tive a oportunidade de trabalhar com o Rogério e conhecer melhor a metodologia dele. Deu para entender bem e isso agregou bastante na minha formação. Espero manter este crescimento, porque é um sonho ser atleta do São Paulo. Isso representa bastante, sempre desejei estar aqui e quero retribuir esta confiança", valorizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos