Zago admite problemas no Inter e reclama de sequência

O treinador do Inter, Antônio Carlos Zago, admitiu que o Inter está devendo neste início de pré-temporada. Em dois jogos são dois tropeços: empate sem gols com o Inter de Lajes e derrota de 2 a1 para o Tubarão, ambos de Santa Catarina.

Apesar do reconhecimento, o comandante colorado lembrou que que é o quinto treinador do clube em menos de um ano e reclamou da falta de tempo para mostrar serviço.

-Analisando os resultados, não posso estar contente. Nunca gostei de perder nem par ou ímpar. Mas se você levar em consideração que sou o quinto treinador em um ano, fica complicado dar uma cara à equipe. Procurei trabalhar no início a parte defensiva. Nos últimos dias, busquei colocar algo da parte ofensiva, mas ainda fica devendo. Serviu para analisar, conhecer os jogadores e, em cima disso, tirar uma base para a estreia do Gauchão - destacou o treinador Zago em entrevista coletiva após o segundo resultado negativo.

O treinador também apontou a falta de ritmo de jogo como fundamental para os tropeços nesta pré-temporada. Ainda assim, buscou exaltar a movimentação neste início de ano.

- No primeiro gol, foi um contra-ataque, bola nas costas, mas não dá para cobrar tanto. A parte física afeta a parte técnica. A movimentação serviu para ver coisas boas. O importante é que alguns jogadores do setor ofensivo já buscam se procurar - acrescentou.

Por fim, o treinador já adiantou o time da estreia no Campeonato Gaúcho, que será no próximo domingo, às 17h, contra o Veranópolis, fora de casa.

- O time é quase a base que começou. Mas se pegar o primeiro jogo, dois, três, foram bem. Hoje, não tiveram o mesmo rendimento até pela parte física, por sentirem os treinamentos. Mas a base é mais ou menos aquela ali que começou o jogo - completou o treinador

Diante do Tubarão, o Inter foi a campo com Marcelo Lomba; Ceará, Eduardo, Ernando e Uendel; Dourado, Bob, Diego, D'Alessandro e Seijas; Roberson.

Vale destacar que o goleiro Danilo Fernandes está com a Seleção Brasileira, mas deve jogar. Além dele, Eduardo Sasha se recupera de uma cirurgia e será baixa. Anderson, William e Muriel buscam novos times e treinam em separado.

Na partida contra o Tubarão, o Inter adotou uma 'regra' diferente: quatro tempos de 30 minutos. O time que terminou o jogo foi escalado com Daniel; Alemão, Ortiz, Paulão e Iago; Anselmo, Charles, Andrigo, Nico e Aylon; Brenner.

Nesta quarta-feira, o time está de folga. A partir da próxima quinta os treinos voltam a ser realizados no Beira-Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos