Gramado, cardápio e padrão Fifa: as novidades do Allianz Parque em 2017

O torcedor que for ao Allianz Parque no amistoso do Palmeiras contra a Ponte Preta, às 17h de domingo, já vai notar algumas mudanças em relação ao ano passado. A principal delas, que estará visível para todos, é o novo gramado. Já os frequentadores de camarotes e lounges da arena poderão experimentar novas opções de cardápio.

O gramado, muito criticado pelo Palmeiras em alguns momentos da última temporada, começou a ser trocado na última semana de 2016, com investimento superior a R$ 200 mil. A promessa era de que estivesse em perfeito estado no dia 5 de fevereiro, data da estreia do time no Paulistão, contra o Botafogo-SP. No amistoso contra a Ponte, marcado posteriormente, algumas imperfeições devem estar visíveis.

- Estava programado para estar 100% no dia 5 de fevereiro, mas as coisas mudam. O Palmeiras pediu para fazer o amistoso no dia 29 de janeiro. E também não contávamos com esse verão. Isso não é verão em lugar algum do mundo, não está ajudando muito. A grama vai estar pronta, mas tem a mãe natureza. Normalmente, nessa época você planta um gramado, porque tem dias de sol e fim de tarde de chuva, o que é uma condição ótima, e não precisa gastar nada, porque a natureza toma conta. Não tem estado assim, mas no dia vai estar pronta. Estávamos programando tudo para o dia 5 de fevereiro e vamos ter jogo uma semana antes. Vai estar em boas condições - diz Alexandre Costa, gerente geral da arena.

O tipo de grama não mudou: Bermuda Tifgrand. O que mudou agora foi o processo de remoção do gramado anterior antes do novo plantio. O procedimento já é considerado um sucesso pela WTorre, uma vez que o Verdão poderá iniciar a temporada em seu estádio. A grama também foi trocada de 2015 para 2016, e o primeiro jogo do clube como mandante no Paulistão do ano passado teve de ser no Pacaembu.

- Chegamos a pensar em usar a Bermuda Celebration, mas no momento usamos a Bermuda Tifgrand, porque essa estava em melhor estado para ser colhida na fazenda - prosseguiu Alexandre Costa.

Nesta quinta-feira, os jornalistas puderam ver o estado atual do gramado. A metade do campo que fica mais próxima do Gol Sul aparenta estar em perfeitas condições. A outra metade, onde a incidência de sol é menor, não parece estar totalmente fixada. A construtora explicou que alguns procedimentos que ainda serão feitos até domingo vão melhorar o aspecto do terreno

As portas da arena foram abertas nesta tarde porque a GSH (Gourmet Sports Hospitality) fez um evento para apresentar o novo cardápio dos camarotes e lounges do Allianz Parque, com 14 criações do chef alemão Werner Rotzinger. Os donos dos espaços podem escolher qual o menu preferido para cada jogo ou show. A empresa cuida da alimentação desses espaços desde a inauguração do estádio, em outubro de 2014, e calcula já ter servido mais de 240 mil refeições, entre jogos e shows.

Outras alterações serão feitas ao longo dos meses para adequar o estádio ao padrão Fifa, algo prometido pela WTorre quando o contrato com o Verdão foi assinado, mas que segundo o entendimento da câmara de arbitragem da Fundação Getúlio Vargas, responsável por analisar diversos pontos de desentendimento entre as partes, não foi cumprido.

- Nós vamos apresentar agora as alterações e o prazo para fazê-las e ver se realmente é necessário. O estádio está 98% dentro do padrão Fifa. Há umas questões de detalhe menor que podem ser corrigidas rapidamente. Nós vamos agora apresentar os projetos e o timing para corrigir. Vai haver uma decisão conjunta se vale a pena ou não fazer, porque às vezes é perder tempo e dinheiro - concluiu o gerente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos