Jadson bate o pé por contrato longo, e Grêmio consulta; Timão ainda confia

Apesar da confiança manifestada por dirigentes do Corinthians nos últimos dias, a negociação pela contratação do meia Jadson não tem sido tão simples. A pedido do próprio clube, uma reunião que estava prevista para ocorrer nesta quinta-feira foi adiada - a explicação dada foi a apresentação de uma proposta oficial do Fenerbahce (TUR) para contratar Rodriguinho, e as conversas sobre o assunto se estenderam além do esperado. Enquanto o Timão tenta driblar os problemas internos para sentar-se com Jadson, os empresários do meia de 33 anos recebem o assédio de outros clubes brasileiros interessados no jogador, que está livre de contrato com o Tianjin Quanjian (CHN) há dez dias.

Nas últimas horas, o Grêmio retomou contatos, negociou sobre a pedida de Jadson em relação a salário e tempo de contrato e decidiu preparar uma oferta. Não houve, pelo menos até o momento, apresentação de proposta, mas as conversas têm sido "proveitosas", segundo uma pessoa ouvida pelo L!. Os principais entraves do clube gaúcho, no entanto, são financeiros. O Corinthians, por exemplo, já passou desta etapa.

A reunião desta quinta serviria para ajustar os ponteiros em relação ao que o jogador pede e que o Timão oferece, mas já houve um entendimento de salário próximo do que Jadson recebia na primeira passagem pelo clube e luvas não de R$ 10 milhões, como na pedida original do estafe, mas de cerca de metade do valor. No caso do Timão, a barreira está no tempo de contrato: o clube acha que três anos é coisa demais e oferece só dois de vínculo - as luvas, assim, também se reduziriam para haver o encaixe no orçamento. A questão é que Jadson bate o pé por um contrato mais longo.

- Não diria que contrato de três anos inviabiliza o negócio, mas estamos insistindo em dois. Mas vamos ver. Eles têm todas as informações, aguardamos respostas - disse, nesta quinta-feira, o diretor de futebol corintiano, Flávio Adauto.

O Corinthians é o único clube que apresentou uma proposta oficial a Jadson após a rescisão no futebol chinês, mas nada está fechado. O clube segue confiante em acertar a contratação do jogador campeão brasileiro de 2015.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos