Timão aguarda resposta de Jadson e dá tempo para Drogba sondar família

Diretor de futebol do Corinthians, Flávio Adauto participou da apresentação do zagueiro Pablo nesta sexta-feira, no intervalo de algumas reuniões que tem realizado no CT Joaquim Grava. Em breve contato com a imprensa, o dirigente atualizou o status das duas principais negociações do Timão para 2017, envolvendo o meia Jadson e o atacante Didier Drogba. Adauto confirmou recentes informações publicadas pelo LANCE!: o presidente Roberto de Andrade já teve contato direto com o atacante marfinense e a proposta pelo meia é de um contrato de duas temporadas, e não três, como foi anteriormente cotado. Nos dois casos, o Corinthians aguarda respostas.

- Fui para uma reunião anteontem (terça-feira) com o Roberto (de Andrade, presidente) no Parque São Jorge. Foi uma reunião com o representante do Jadson, conversamos bastante, discutimos detalhes. Agora o Corinthians não tem nada a fazer a não ser esperar a resposta. Temos interesse, o jogador tem interesse em vir e a resposta pode ser hoje, amanhã ou depois. Não marcamos data. Foi uma conversa legal, em que foram debatidos detalhes da possível volta dele e agora eles precisam responder se realmente querem vir, se estão de acordo com os valores. Oferecemos dois anos, mas três não inviabilizaria. Não fechamos questão, mas estamos insistindo em dois - falou o dirigente, sobre a possibilidade de repatriar o campeão brasileiro de 2015.

Jadson terá uma reunião que pode ser definitiva com o Corinthians ainda nesta quinta-feira, envolvendo também o gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes. A ideia é chegar a um acordo referente ao tempo de contrato e valores de luvas e salários que serão pagos ao longo do vínculo. O Corinthians já oficializou uma proposta e aguarda somente a resposta para seguir a negociação.

Sobre Drogba, a resposta de Flávio Adauto foi a mesma: expectativa pela resposta do jogador e de seus representantes. Neste caso, porém, há um elemento mais "humano", pois o marfinense teria que se mudar de Londres para São Paulo para atuar no Corinthians por uma temporada. Drogba aceitou um contrato de uma temporada por cerca de R$ 5,5 milhões e teve aceitas algumas exigências, como um tradutor, um carro blindado e um apartamento, entre outros detalhes. Agora, o Corinthians se mobiliza para superar as desconfianças do marfinense.

- Foi um movimento meio equivocado no início, mas agora está tudo muito bem clarinho. Conversei com o presidente e já houve uma conversa com o Drogba, teve intérprete, e ele ficou de dar resposta. Ele pediu alguns dias para consultar a família, se inteirar das coisas de uma mudança para o Brasil, porque é uma mudança brusca. Também estamos na expectativa de uma resposta. O Corinthians deixou as portas abertas e espera as respostas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos