Anderson Silva define McGregor como 'artista marcial interessante'

Antes de entrar no octógono para encarara Derek Brunson, pelo UFC 208, que acontece no dia 11 de fevereiro, Anderson Silva tem uma ideia fixa na mente para seu futuro: enfrentar Conor McGregor. O ex-campeão dos médios trata a questão como um "desafio" e rasga elogios ao astro irlandês.

Em conversa com a imprensa realizada nesta quinta-feira, o lutador declarou suas intenções com McGregor para uma possível superluta.

- Eu gostaria de me testar com o Conor porque ele é um artista marcial interessante. O jogo em pé dele é inteligente. Não porque ele é campeão agora, mas eu gostaria de ver como as técnicas de trocação dele com as minhas iria se encaixar. Mas sem valer cinturão, seria uma luta pelo desafio, para saber como seria uma luta desse estilo - explicou Spider, segundo trecho reproduzido pelo site MMA Fighting.

Anderson Silva é atleta da categoria dos médios (até 84kg), mas declarou que poderia descer de peso até 78,9kg para uma superluta. Conor McGregor é atualmente campeão dos leves (até 70kg), mas já atuou duas vezes na divisão dos meio-médios (até 77kg) no UFC.

Spider encara Derek Brunson na co-luta principal do UFC 208, dia 11 de fevereiro, em Brooklyn, Nova York (EUA). Já Conor McGregor, após conquistar o cinturão dos leves do UFC ainda não tem sua próxima luta marcada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos