Eduardo Baptista vê Guerra, Moisés e Mina fora da estreia no Paulistão

O zagueiro Yerry Mina e os meias Moisés e Alejandro Guerra não participarão da estreia do Palmeiras no Campeonato Paulista, às 17h do dia 5 de fevereiro (domingo), contra o Botafogo-SP, no Allianz Parque. Os três também estão fora do amistoso contra a Ponte Preta, às 17h deste domingo, também na arena.

Nesta sexta-feira, o técnico Eduardo Baptista explicou a situação de cada um. Guerra é quem tem melhores condições físicas, mas ainda não está com o visto de trabalho em mãos. Com isso, não poderá ser regularizado ainda nesta sexta-feira, condição obrigatória para que seja inscrito a tempo da primeira rodada.

- Já está bem adiantado (o visto do Guerra). Acredito que não estreie contra o Botafogo-SP, mas já contra o Ituano (segunda rodada, dia 12) temos expectativa. O importante é que já está treinando. Fisicamente já está pronto. É um cara leve, que se cuida, já entendeu o espírito, já se adaptou - disse o comandante.

Mina e Moisés, por outro lado, estão em processos individuais de recondicionamento físico.

- O Mina fica fora da estreia contra o Botafogo-SP. A informação que tenho é que ele deve vir para nossas mãos no dia 6 de fevereiro. Ele já está recuperado, mas a gente tem tempo até a Libertadores e decidimos dar uma atenção especial na parte física para que ele não sofra mais lesões. Temos quatro zagueiros em muito bom nível e podemos dar um tratamento diferenciado para ter o Mina o ano inteiro - explicou, sobre o zagueiro.

- O Moisés é mais ou menos parecido com o Mina. Ele precisa se condicionar um pouquinho. Já chegou em nível bom de condicionamento e vamos fazer fortalecimento muscular para contar com ele bem condicionado quando afunila - completou.

Mina sofreu uma lesão muscular na coxa direita na última rodada do Brasileirão do ano passado. Por isso, demorou um pouco mais para sair de férias e apresentou-se para a pré-temporada depois dos colegas. Moisés, por sua vez, passou por um procedimento cirúrgico para retirar os pinos que tinha no pé esquerdo desde o início de 2016, quando sofreu grave lesão. A operação foi simples, mas ele teve de ficar 15 dias em repouso e ganhou peso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos