Pioli pede paciência por Gabigol e cita confiança de Felipe Anderson

Gabigol tem pouco mais de 90 minutos totais com a camisa da Inter de Milão, disputando apenas quatro partidas até o momento. O técnico Stefano Pioli, em entrevista ao 'Corriere dello Sport', seguiu o raciocínio do brasileiro e disse que ele pode ficar no clube e brigar por seu espaço.

- Gabigol é um menino novo, talentoso, mas que vem de um país distante, com uma mentalidade de jogador muito diferente e, portanto, precisa de tempo para se inserir numa nova cultura de trabalho, com novos companheiros, uma nova língua.

Pioli ainda citou outro brasileiro, Felipe Anderson, que foi seu jogador na Lazio durante duas temporadas.

- Ele me faz lembrar um pouco do Felipe Anderson, que teve suas dificuldades quando chegou à Lazio. Mas nunca desistiu, continuou trabalhando duro e acreditando em si mesmo. Ele nunca perdeu confiança. E no ano seguinte ele cresceu e conseguiu um lugar que merecia.

- Estou aqui há pouco tempo, mas Gabigol já cresceu muito e deve continuar no mesmo caminho. Ele não deve ficar triste se não for escolhido, tampouco deve ficar extremamente empolgado quando eu colocá-lo para jogar - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos