Skate: Pedro Barros se classifica em primeiro para a final do Oi Bowl Jam

O segundo dia de competição do Oi Bowl Jam, etapa de abertura do Circuito Mundial da modalidade, neste sábado, foi marcado por uma semifinal de tirar o fôlego e por manobras que enlouqueceram o público. O tricampeão do torneio, Pedro Barros, voou alto e garantiu o primeiro lugar entre as oito vagas para a final deste domingo, a partir das 10h. Iago Magalhães, revelação desta edição do torneio, também fez uma grande volta e conquistou a segunda colocação entre os 16 atletas que se apresentaram no bowl do Parque Madureira.

A semifinal foi composta de duas baterias com oito skatistas em cada. Jaime Mateu (Espanha), Marcos Gabriel, Italo Penarrúbia, Dan Cezar, Rony Gomes, Nilo Peçanha, Josh Borden e Ivan Federico fizeram a primeira. A segunda foi formada por Alan Resende, Caíque Silva, Iago Magalhães, Danny Leon (Espanha), Murilo Peres, Felipe Foguinho, Bob Burnquist e Pedro Barros. Cada atleta teve direito a três voltas de 45 segundos, valendo a melhor delas.

Na primeira bateria, Ítalo Penarrúbia foi o melhor colocado, completando uma terceira volta perfeita. Ivan Federico, de apenas 17 anos, por sua vez, deixou os juízes de queixo caído com muita velocidade e manobras ousadas, levantando o público em Madureira.

Quando o locutor anunciou a segunda bateria, a expectativa maior era pelo próprio Pedrinho, além de nomes como Bob Burnquist e Murilo Peres. E a galera não se decepcionou. O hexacampeão mundial de bowl/park e tricampeão do Oi Bowl Jam acelerou na pista e, com seu estilo agressivo, voou alto logo na primeira volta, mostrando que vem forte em busca do tetracampeonato.

- Fiquei amarradão. Este evento sempre surpreende. A galera curte, se diverte muito e volta pra casa com uma experiência positiva. Minha expectativa para amanhã é de que vejamos um nível ainda maior. Todos vão jogar tudo o que podem, e eu também vou dar o meu melhor. Hoje fiz uma volta boa, mas quero melhorá-la - comentou Pedro Barros, que anotou 93.33 em sua melhor apresentação.

O público ainda pôde curtir três voltas incríveis da lenda do skate Bob Burnquist e se surpreender com o jovem Iago Magalhães, de 19 anos, que quebrou tudo com manobras velozes e de altíssimo grau de dificuldade em sua primeira competição como atleta profissional.

- Fiz o que queria, que era acertar uma volta boa e ir pra cima, na raça, como meu pai sempre fala. Amanhã, quero fazer um rolé mais pegado ainda, para alegrar esse público maravilhoso na final - destacou Iago.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos