Abel Braga rasga elogios a Orejuela: 'Deu um show como primeiro volante'

Aos poucos, Abel Braga vai descobrindo a melhor formação do Fluminense. Diante do Vasco, no domingo, o destaque foi o posicionamento de Orejuela, que atuou a frente dos zagueiros Henrique e Renato Chaves quando o time teve posse de bola, sendo responsável pelo início das jogadas.

A movimentação intensa e a qualidade nos passes foram os pontos altos do equatoriano neste domingo, que ditou o ritmo do Tricolor, que dominou o clássico a partir dos 20 minutos do primeiro tempo no Estádio Nilton Santos.

Assim, Abel Braga deu liberdade a Douglas chegar à área adversária, formando uma linha de quatro a frente de Orejuela: Scarpa, Sornoza, Douglas e Wellington. Homem de referência, Henrique Dourado foi o centroavante.

A estratégia de Abel deu certo diante do Vasco por dois motivos. O primeiro foi a superioridade numérica que o Fluminense teve no meio-campo. Além disso, a juventude dos tricolores (Orejuela, com 23 anos e 11 meses, é o mais velho), fez diferença. Mais lento, os vascaínos não acompanharam o ritmo do Flu.

No momento defensivo, por sua vez, o 4-1-4-1 tornava-se um 4-2-3-1, com Douglas recuando e jogando do lado de Orejuela, fazendo a proteção da zaga, Scarpa e Wellington ajudando os laterais, direito e esquerdo, respectivamente. Sornoza foi quem teve um pouco menos de responsabilidade defensiva, com Henrique Dourado a sua frente fazendo pressão na saída de bola adversária.

Em sua avaliação da partida, o treinador Abel Braga rasgou elogios ao volante equatoriano, que, aos poucos, vai se adaptando ao novo clube e aos colegas, além de conquistar a confiança dos torcedores e comissão técnica.

- O rapaz (Orejuela) deu show hoje (ontem). Deu show de primeiro volante. Falei que não gostaria de usar o Douglas como primeiro volante, a não ser em situação de jogo. Eu tiraria 65% da capacidade dele. Vasco deixou o Julio dos Santos no meio e adiantou o Andrezinho para a linha do Nenê. Tomei sufoco - explicou o comandante tricolor, antes de emendar:

- O Sornoza tinha de ir para trás, para pegar o André. Depois, coloquei o Luiz Fernando e adiantei o Douglas. E pararam de acontecer as jogadas perigosas deles. Ele foi muito bem ao cumprir o que foi pedido - concluiu Abel Braga.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos