Voleibol leva quase 20 mil pessoas às arenas do país

O voleibol brasileiro mostrou mais uma vez porque é uma paixão nacional e um dos esportes com maior procura por ingressos na Rio-2016. As principais competições nacionais de quadra e praia levaram 19.531 mil pessoas a ginásios e arenas no último final de semana, com oito transmissões ao vivo em canais abertos e fechados.

A Copa Brasil feminina lotou o ginásio do Taquaral, em Campinas (SP), nos dois dias de competição. O torneio teve casa cheia, com 2.700 espectadores na última sexta-feira, e o mesmo número no sábado. O título do Rexona-Sesc (RJ) e as duas semifinais foram transmitidas ao vivo pelo canal SporTV 2 e TV Brasil.

- É excelente para o público e para os próprios jogadores uma disputa de alto nível, com muitos representantes das seleções. E o espetáculo fica muito mais valorizado com casa cheia, temos que agradecer a participação do público, que vibrou com todos os semifinalistas. Durante alguns dias, Campinas foi a capital do vôlei brasileiro - destacou o diretor de voleibol da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Radamés Lattari.

A Superliga masculina também contou com ótimo público, com destaque para a vitória do Funvic Taubaté (SP) por 3 sets a 0 sobre o Lebes/Gedore/Canoas (RS), que levou 1.974 pessoas ao ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP). A partida contou com transmissão ao vivo da Rede TV. Somando os quatro jogos do final de semana, 4.602 pessoas foram aos ginásios acompanhar a disputa masculina.

O vôlei de praia também foi destaque em uma das cidades mais identificadas com a modalidade: João Pessoa. A arena montada na Praia de Cabo Branco, para a sexta etapa da temporada 2016/2017 do Circuito Brasileiro, ficou lotada nos três dias de jogos. Foi inclusive motivo de elogio dos atletas.

- A torcida de João Pessoa é incrível, apaixonada pelo vôlei de praia. Eles fizeram um espetáculo lindo, a energia dentro de quadra é muito diferente quando a torcida enche. Me senti abraçado pela torcida e esse tipo de torneio se torna inesquecível na nossa memória - disse Thiago, que venceu a etapa ao lado do paraibano George.

Os jogos da Superliga B masculina e feminina também agitaram o final de semana em sete cidades diferentes. Somando o público das sete partidas, 6.529 torcedores estiveram nos ginásios acompanhando de perto cada lance. Destaque para a vitória por 3 sets a 0 do Hinode/Barueri (SP), comandado pelo técnico José Roberto Guimarães, sobre o Abel Havan Brusque (SC), que levou 2 mil pessoas à arena Havan, em Brusque (SC).

Acumulado ultrapassa 230 mil

As Superligas A e B, masculina e feminina, já levaram mais de 230 mil pessoas aos ginásios brasileiros. Entre os clubes que disputam a elite no torneio masculino, o Montes Claros Vôlei (MG) lidera o ranking de público, com 23.920 presentes até aqui. No feminino, o Camponesa/Minas aparece na primeira posição, tendo atraído 12.201 pessoas aos seus jogos.

Na praia, uma ação pioneira colocará os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt frente a frente contra os norte-americanos Dalhausser e Lucena, no Centro Olímpico de Tênis, no Parque Olímpico. A disputa acontece neste domingo, com preliminar entre a medalhista olímpica Ágatha e sua parceira Duda, contra Ana Patrícia/Rebecca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos