Arsenal irá encontrar goleiro de 45 anos que já brigou após provocações

A Copa da Inglaterra, assim como a Copa do Brasil, é atrativa, principalmente, pelas grandes surpresas que proporciona. Uma delas atende por Sutton United, clube do quinto escalão da Terra da Rainha.

Prestes a encarar o gigante Arsenal nas oitavas de final do torneio, o modesto time da Conferência Nacional tem um personagem que, embora seja reserva, traz consigo uma história e tanto no clube: o goleiro Wayne Shaw, de 45 anos e detentor de um porte físico avantajado (115 kg).

Os quilinhos a mais de Shaw, que está em sua terceira passagem no Sutton, já lhe renderam uma briga com torcedores rivais, que culminou em uma demissão do próprio clube do distrito da Grande Londres.

Quando também exercia a função de preparador de goleiros, Shaw não suportou provocações quanto ao seu peso e, irritado, partiu para a briga com fãs do Kingstonian FC. Na ocasião, ele chegou a saltar a arquibancada para tirar satisfação. Mais maduro, o arqueiro admitiu o erro, recentemente.

- Me envolver com aqueles torcedores foi um erro gigantesco de minha parte. Eu fui provocado pela linguagem, que foi desnecessária, mas eu não deveria ter reagido. Eu aprendi minha lição e isso nunca acontecerá novamente. Por sorte eu tenho uma segunda chance - afirmou, em 2015.

Já viral nas redes sociais, Wayne Shaw, no caso de um contratempo envolvendo o titular Ross Worner, pode ser o responsável por parar Sánchez, Özil e companhia. Se vai jogar ou não, o fato é que o mundo da bola já anseia pela participação do experiente - e insólito - goleiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos