Bota deixa Sassá fora da Libertadores; Fonseca e Lindoso não jogam estreia

  • Satiro Sodre/SSPress

A lista dos 25 jogadores que vão representar o Botafogo nas primeiras etapas da Taça Libertadores foi enviada à Conmebol, mas está guardada à sede chaves. Nem os próprios jogadores a receberam. Mas uma ausência considerável é certa: Sassá, artilheiro do time na temporada passada, não está no grupo. Outro fato minimamente curioso - e, de certo modo, surpreendente - é a ausência de Renan Fonseca e Rodrigo Lindoso do grupo de relacionados para a partida desta quarta-feira, contra o Colo-Colo (CHI).

O caso de Sassá é nitidamente comportamental. O atacante se envolveu em polêmicas nas últimas semanas, entre fotos e vídeos publicados e outros que se espalharam pela internet, indicando um estilo "bad boy". Por tal razão, ele vem sendo visto com outros olhos por membros da comissão técnica e da diretoria alvinegra.

A opção por não relacionar Renan Fonseca e Rodrigo Lindoso chama atenção porque a dupla sempre teve a confiança do técnico Jair Ventura. Por mais que pudessem não ser titulares, pelo crescimento, na zaga, de Marcelo e, no meio-campo, pela chegada de João Paulo, não tê-los nem no banco é de estranhar. Lindoso, por exemplo, foi um dos atletas que mais entrou em campo em 2016, pelo Glorioso.

As opções do Botafogo fazem barulho a menos de 48 horas do início da participação alvinegra no principal torneio do continente. Após o treino desta terça-feira, o técnico Jair Ventura vai conceder entrevista coletiva e explicar, ou não, as razões das escolhas feitas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos