'Em tese, Corinthians, Ponte e Sport têm duelos difíceis no início da Sul-Americana'

Os primeiros confrontos da Copa Sul-Americana foram conhecidos na noite de terça-feira. Com 44 clubes, a competição ocupará o segundo semestre inteiro - confira os duelos iniciais aqui.

Os colunistas do LANCE! apontam algumas perspectivas sobre os embates das equipes brasileiras.

JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO

Ao menos em tese Corinthians, Ponte Preta e Sport terão confrontos mais complicados. Quem tende a ter mais dificuldade são o Timão e a Macaca. Universidad de Chile e Gimnasia Y Esgrima, respectivamente, são clubes com mais tradição, dão importância a torneios sul-americanos e decidirão vaga em casa. Já o Sport pega um traiçoeiro Danubio.

No papel, Cruzeiro, Fluminense e São Paulo enfrentam equipes mais fracas. Seria uma surpresa se algum deles não avançasse, pois a Raposa tem uma equipe superior ao Nacional-PAR, o Fluminense pode superar o Liverpool-URU, e o São Paulo é franco favorito diante do Defensia y Justicia.

EDUARDO TIRONI

O jogo mais "cascudo" é o do Corinthians, pois enfrenta um rival tradicional como a Universidad de Chile e ainda decide a vaga fora de casa. O São Paulo tem um jogo complicado com uma forte equipe da Argentina, mas tem a leve vantagem de jogar a segunda partida no Morumbi.

Embora tenha um adversário que fez uma boa Libertadores, o Cruzeiro é o time brasileiro mais bem preparado, pois tem uma sequência de trabalho com Mano Menezes e está bem reforçado. O Fluminense tem grandes chances de passar pelo Liverpool, e a Ponte Preta terá um duelo equilibrado diante do Gimnasia Y Esgrima.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos