Bota terá que superar questão física e pressão no Chile por classificação

  • Ueslei Marcelino/Reuters

Com poucos dias de preparação para a temporada, o Botafogo ainda corre para alcançar a sua melhor forma física. Isso vem prejudicando o time nos primeiros jogos de 2017, o que já foi reconhecido pelo técnico Jair Ventura e os próprios jogadores. Para conseguir a classificação na Libertadores, o Alvinegro vai precisar superar esse obstáculo, já que a expectativa é de muita pressão do Colo-Colo e sua torcida na partida de volta, em Santiago, no Chile. Por isso a vantagem com a vitória por 2 a 1 no Rio de Janeiro foi tão importante.

O meia Camilo admitiu que a equipe ainda não está com o seu melhor condicionamento e que isso atrapalhou na partida contra o time chileno na última quarta. Ciente da dificuldade que o Glorioso vai enfrentar fora de casa, ele valorizou a vantagem e destacou o tempo que o grupo terá para se preparar até o próximo duelo.

"Acredito que faltou um pouco de perna para a gente pressionar na segunda etapa. A gente teve várias oportunidades no primeiro tempo. No segundo tempo ficou nítido a falta de força, a parte física. Mas isso a gente vai encaixando. Mas obtivemos uma vantagem, é muito importante para nós. Sabemos o quanto será difícil lá no Chile. Vamos ter a semana para se preparar bem e poder alcançar o nosso objetivo", comentou Camilo.

A forma do time do Botafogo foi comentada até por Pablo Guede, técnico do Colo-Colo. O treinador disse que o Alvinegro está mal fisicamente e que sua equipe não precisa ter pressa para buscar a vaga.

"Não temos que sair desesperados para buscar o resultado. Sabemos que eles não estão bem fisicamente. Temos que fazer uma partida longa e com paciência. São 90 minutos de jogo", disse o técnico do time chileno.

Titular na primeira partida contra o Colo-Colo, Rodrigo Pimpão não encarou o comentário de Guede como uma crítica. Na análise ele, há uma diferença no preparo físico das equipes porque o time chileno está no meio da temporada e o Botafogo ainda no início. De acordo com o atacante, todos estão trabalhando para a equipe entrar bem em campo.

"Eles estão no meio da temporada. A equipe deles já jogou junto em oito jogos. A gente está em início de temporada, buscando a melhor forma. Estamos trabalhando para botar a nossa equipe adequada em campo", afirmou Pimpão.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos