Cumpriu o decreto! Rodrigão faz dois, e Santos abre o Paulista com goleada

Sexta-feira à noite. Dia da semana em que muitos falam em cumprir o decreto ou de "fazer maldade". Se essa brincadeira aconteceu com Rodrigão, não se sabe, mas o atacante levou a intenção para campo e deu a vitória ao Santos de 6 a 2 sobre o Linense.

Atual bicampeão do Paulistão, o Peixe abriu o Estadual com festa na Vila Belmiro, com direito a queima de fogos organizada pela Federação Paulista e jogo de luzes.

Com a bola rolando, a festa começou cedo e o decreto de gols também. Colocando em prática a marcação pressão pedida por Dorival Júnior desde o começo da temporada, o Peixe teve velocidade e precisão para roubar bolas no ataque e recomeçar o jogo. No entanto, os gols vieram com espaços rápidos achados por Thiago Maia e Yuri.

O volante tabelou com Lucas Lima até achar Rodrigão livre na área do Linense. O camisa 22 não teve dificuldades para abrir o placar. Já no segundo gol, após lançamento, Rodrigão aproveitou o rebote do chute de Bueno para ampliar.

Na segunda etapa, foi o Elefante de Lins que subiu a marcação para tentar roubar bolas na defesa alvinegra. A pressão serviu para atrapalhar a defesa santista, que mesmo assim segurou a barra e não facilitou a vida do time do interior.

A redenção do Linense veio também por lançamento que deixou Thiago Santis na cara do gol para acertar um chute forte de pé esquerdo, sem chance para Vanderlei.

Mas quando o assunto é Campeonato Paulista, parece estar decretado o favoritismo do Santos.

O Linense sequer teve tempo de oferecer risco de empate. Novamente Thiago Maia achou espaços nas costas dos volantes para tabelar e aproveitou a ultrapassagem de Lima, que contou com desvio da defesa para findar a vitória santista na estreia do Paulistão.

Com o resultado garantido, Dorival decidiu testas Vitor Bueno como centroavante e sacou Rodrigão para a entrada de Arthur Gomes. O garoto foi quem deu boas amostras a Dorival e marcou o último em chute cruzado. Gabrielzinho teve tempo de descontar para o Linense no fim. Depois, Vitor Bueno aumentou o placar e Thiago Ribeiro liquidou.

Com direito a aplausos, fogos, troca de passes e muita empolgação por parte dos santistas, já pode: sonhar com mais triunfos na Vila Belmiro e no Pacaembu, assustar os rivais, pensar em começar a Libertadores com o pé direito, aplaudir zagueiro, pedir Rodrigão na Seleção (mesmo que na brincadeira) e sonhar com o tricampeonato sem conter a empolgação, seja nas sextas, quartas-feiras, sábados ou domingos, com ou sem clubismo.

De fato, o Santos começa bem o fim de semana e o Paulistão.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 6 X 2 LINENSE

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data/ Hora: 3 de fevereiro, às 21h

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto

Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli

Público/ Renda: Não divulgados

Cartões amarelos: Thiago Maia e Léo Cittadini (Santos), Zé Antônio (Linense)

Gols: Rodrigão, aos 12/1ºT (1-0) e aos 15/1ºT (2-0), Thiago Santos, aos 8/2ºT (2-1), Lucas Lima, aos 12/2ºT (3-1), Arthur Gomes, aos 31/2ºT (4-1), Gabrielzinho, aos 34/2ºT (4-2), Vitor Bueno, aos 44/2ºT (5-2) e Thiago Ribeiro, aos 47/2ºT (6-2).

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Yuri e Zeca; Renato, Thiago Maia (Léo Cittadini, aos 29/2ºT) e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete (Thiago Ribeiro, aos 35/2ºT) e Rodrigão (Arthur Gomes, aos 25/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

LINENSE: Edson Kolln; Bruno Moura (Thiago Santos, aos 30/1ºT), Rodrigo Lobão, Bruno Costa, Carleto; Caíque, Diego Felipe, Zé Antônio, Lucas Newiton (Tássio, aos 19/2ºT); Thiago Humberto e Joãozinho. Técnico: Guilherme Alves.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos