Huracán volta a cobrar Cruzeiro e ameaça pedir retorno de Ábila

A novela envolvendo Ramón Ábila, Cruzeiro e Huracán ganhou um novo capítulo. Após cobrar o time mineiro publicamente pelo pagamento de 1,5 milhão de dólares, a equipe argentina pretende agora buscar a devolução do atleta se os diretores mineiros não pagaram a dívida pendente.

Em entrevista ao Diário Olé, o presidente do Huracán, Alejandro Nadur, informou que pretende solicitar o retorno do jogador à sua ex-equipe.

- Será solicitado a devolução do jogador - falou o mandatário.

A cobrança do Huracán é referente aos 50% dos diretos econômicos de Ramón Ábila. O Cruzeiro comprou o jogador no ano passado, mas ainda não conseguiu quitar todo o montante da negociação.

A primeira declaração pública sobre a dívida aconteceu no final de 2016. No mês passado, uma nova cobrança foi feita por parte dos argentinos. Na ocasião, o Cruzeiro alegou que estava esperando receber algumas receitas, como a venda do atacante Marinho, para quitar o pagamento, e pediu um prazo para resolver a questão. O pagamento, no entanto, ainda não foi feito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos