Renato Gaúcho cobra outra postura e pede Grêmio atento no futuro

A derrota do Grêmio por 2 a 1 para o Caxias, no último domingo, em jogo válido pela segunda rodada do Gauchão, não foi muito bem aceita pelo treinador Renato Gaúcho. O comandante gremista reclamou da apatia do Tricolor no revés na Serra Gaúcha e cobrou que a postura mude para os próximos jogos.

- O que eu tenho que cobrar, cobro no vestiário, dentro de quatro paredes. Mas óbvio que para ganhar campeonato tem que jogar todos jogos com muita disposição, vontade de ganhar. Falei que queria ganhar o Gauchão antes do (jogo contra o) Ypiranga, e para isso tem que ter a mesma vontade, senso de marcação do ano passado. Não podemos dar mole para adversário algum. Já falei para o grupo que vai servir de exemplo esse jogo, para que a gente não repita os erros que cometemos diante do adversário - comentou o treinador.

Ele também reclamou da falta de atenção nas jogadas aéreas. Renato acredita que o time está bem treinado neste fundamento, mas por falta de atenção deixou o Caxias fazer um gol de cabeça, o segundo, quando Gilmar subiu mais alto que M.Oliveira. Apesar disso, ele exaltou a jogada aérea do rival do último domingo.

- Estamos bem treinados na bola aérea também, mas tem que estar atento. Vinha desde sexta falando para evitar a bola na aérea, porque o forte do Caxias é isso. O Grêmio não é um time imbatível na bola aérea, e o time deles era muito mais alto que o meu - completou.

O Grêmio volta a campo na próxima quarta-feira. O adversário é o Flamengo, no Mané Garrincha, às 19h30, em jogo válido pela Primeira Liga. No domingo, o time recebe o Passo Fundo, às 17h, pelo Campeonato Gaúcho. Diante dos cariocas, a tendência é que Renato use um time alternativo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos