Torcedor do Fluminense sofre traumatismo craniano após ser agredido no Rio de Janeiro

A volta do Estádio dos Larios foi amarga para o tricolor Pedro Lucas Scudieri. Segundo informações do diário "Extra", ao descer do ônibus da organizada Bravo 52 nos arredores do Maracanã, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro, o torcedor do Fluminense foi agredido com golpes de uma barra com golpes de uma barra de ferro na noite de domingo.

Encaminhado para um hospital no Rio Comprido, o estudante de Economia na UFRJ, que tem 23 anos, teve diagnosticado um traumatismo craniano. Segundo boletim médico do hospital, Pedro Lucas está no CTI e seu estado de saúde é grave, mas estável.

Uma parte do osso teria perfurado um ponto do cérebro, e a tendência é de que ele seja submetido a uma cirurgia ainda no início desta tarde.

O episódio de violência teria ocorrido na altura da Praça Varnhagem, na Tijuca. Pedro Lucas voltava da partida em que o Fluminense venceu a Portuguesa por 3 a 0, no Estádio Los Larios.

Questionado sobre o caso, um amigo do jovem descartou a hipótese da agressão ter a ver com Pedro Lucas ser tricolor. A organizada Bravo 52, de acordo com a assessoria de imprensa do Fluminense, não tem histórico de violência.

- Ele usava a camisa do Fluminense e estava com a faixa da nossa torcida numa bolsa. Roubaram a faixa, mas não levaram nem o celular nem a carteira. Além disso, ele só levou golpes na cabeça - contou o amigo de Pedro, que pediu para não ser identificado.

Via assessoria, o Tricolor das Laranjeiras ainda informou que uma equipe médica do clube foi ao hospital para acompanhar o tratamento de Pedro. A assessoria da Polícia Civil ainda não se manifestou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos