Catarinense: Avaí e Chape fazem clássico valendo a liderança

Pela 4ª rodada do primeiro turno do Campeonato Catarinense, o Avaí recebe a Chapecoense nessa quarta-feira na Ressacada, às 20h30. Líder, o Avaí vem de vitória sobre o Tubarão-SC e busca abrir grande vantagem na ponta. Já a Chape, vice-líder, vem de empate com o Almirante Barroso-SC e quer roubar a ponta do arquirrival.

Mesmo invicto no estadual, o Leão catarinense tem convivido com um problema: o atacante Romulo, titular nesse início de ano, ainda não marcou. Mesmo com a reclamação da torcida, o técnico Claudinei Oliveira defendeu o atleta e o manterá na equipe titular, por enquanto, mas não descarta trocá-lo:

- Em 2016 ele rendeu mais aberto no lado esquerdo, o Denílson está jogando ali, então talvez estamos prejudicando o Romulo um pouco. É um jogador que chama a atenção, a gente quer mais é que nos ajude. Se identificar que o Dutra estiver melhor que o Romulo, o Jardel ou outro, vamos mudar. Enquanto identificar a possibilidade de continuar, eles vão seguir trabalhando e ajudando a gente.

A Chapecoense viverá uma situação inusitada. Em dois dias, a equipe disputará duas partidas válidas pelo estadual e pela Primeira Liga. Na próxima quinta-feira, a Chape enfrentará o Cruzeiro no Mineirão, mas enviará a equipe sub-23. O técnico Vágner Mancini mostrou sua irritação e não poupou palavras para desabafar:

- Até na semana passada eram dois jogos no mesmo dia. Eu vou definir usando apenas uma palavra: ridículo. Futebol brasileiro, em 2017, com dois jogos no mesmo dia. ridículo. Só isso que tenho a dizer.

Provável Avaí: Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Luan, Judson, Diego Jardel e Marquinhos; Denilson e Romulo.

Provável Chapecoense: Elias; Zeballos (Diego Renan), Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Amaral, Andrei Girotto e Nenén; Osman, Rossi e Wellington Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos