Internacional derrota 'mistão' do Flu e lidera Grupo A da Primeira Liga

Com força máxima, o Internacional fez valer a vantagem de atuar no Beira-Rio e venceu o Fluminense, nesta quarta-feira, por 1 a 0. A derrota, pela segunda rodada da Primeira Liga, pôs fim à invencibilidade do Tricolor, que atuou em Porto Alegre com apenas três jogadores titulares, em 2017.

Com a vitória no Beira-Rio, o Inter alcançou os seis pontos e lidera o Grupo A da Primeira Liga. O Flu segue no segundo lugar com três pontos. Criciúma e Brasil-RS jogam na terça, em Pelotas, em busca de seus primeiros pontos.

Pela Primeira Liga, o Fluminense volta a campo no dia 1º de março, diante do Brasil-RS. O Internacional, por sua vez, enfrenta o Criciúma no próximo dia 23. Os dois primeiros colocados da chave avançam às quartas de final.

O JOGO NO BEIRA-RIO

Os goleiros Júlio César e Danilo Fernandes pouco trabalharam na etapa inicial. O Fluminense, apesar dos apenas três titulares em campo, tentou impôr seu estilo de jogo. Porém, a posse de bola não mostrou-se efetiva.

Os laterais Léo e Renato atuaram com liberdade para ir ao ataque, mas o Inter, com três volantes protegendo a zaga, diminuiu os espaços e evitou lances de perigo. Aos poucos, o Colorado passou a ocupar o campo de ataque. Em lampejos de D'Ale, o Inter criou uma ou outra chance, mas o gol só saiu em uma pane geral do Fluminense. Após tabelar com Dourado, Charles aproveitou o bate-rebate na área e abriu o placar no Beira-Rio.

O técnico Abel Braga aproveitou o segundo tempo para testar algumas opções na equipe. O atacante Patrick, de apenas 18 anos, fez sua estreia. Danielzinho também recebeu sua primeira oportunidade no ano e Luiz Fernando acabou o jogo na lateral-direita. As mudanças do Abelão não surtiram o efeito esperado, pois o Flu seguiu sem ameaçar a meta rival.

Por sua vez, Antônio Carlos Zago apostou nas entradas de Carlinhos, Andrigo e, já na parte final do jogo, Diego. Os dois primeiros nomes melhoraram a produção do Inter no ataque. Em cobrança de falta, o lateral ex-Flu acertou o travessão de Júlio César, que já havia contado com a trave em chute de Roberson.

No fim, já na base da bola alçada na área, o Tricolor quase chegou ao empate em lance bizarro. Charles quase foi de herói a vilão ao tentar afastar, de cabeça, o cruzamento, e a bola encontrou o travessão de Danilo Fernandes. Na sequência, Patrick até balançou a rede em outra bola levantada na área, mas o impedimento de Nogueira, no lance anterior, já havia sido marcado.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1X0 FLUMINENSE

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data-hora: 8/2/17, às 19h30

Árbitro: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG)

Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Magno Arantes Lira (MG)

Renda/Público: R$ 154.860,00 / 12.438 presentes

Cartão amarelo: Anselmo e Charles (INT); Marcos Junior, Renato e Luiz Fernando (FLU)

Cartão vermelho: Não houve.

Gols: Charles (1-0, 25'/1ºT)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Alemão, Paulão, Klaus e Uendel; Anselmo (Carlinhos, 21'/2ºT), Rodrigo Dourado, Charles e D'Alessandro; Valdívia (Andrigo, 19'/2ºT) e Roberson (Diego, 34'/2ºT)- Técnico: Antônio Carlos Zago

FLUMINENSE: Júlio César, Renato (Danielzinho, 21'/2ºT), Nogueira, Henrique e Léo; Luiz Fernando, Orejuela, Marquinho e Lucas Fernandes (Patrick, Intervalo); Osvaldo e Marcos Junior (Maranhão, 15º/2ºT) - Técnico: Abel Braga

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos