Solidariedade: Torcedores se mobilizam e doam sangue em nome de Pedro Scudieri

O torcedor do Fluminense, Pedro Scudieri, que foi brutalmente agredido, no último domingo está internado e necessitou de transfusão sanguínea. Com isso, torcedores e amigos de Scudi, como é conhecido, se mobilizaram para um mutirão de doações. A ação movida por torcedores do Fluminense teve o apoio e divulgação algumas torcidas de outros clubes cariocas, dentre elas Flamengo e Botafogo.

Isabele Fontela, amiga próxima de Scudi e uma das responsáveis pela mobilização doou sangue hoje pela manhã e falou sobre o apoio vindo das outras torcidas:

- É importante, para mostrar que rivalidade é só em Campo. Não tem essa de "é rival então é inimigo". Esse apoio das outras torcidas nos faz crer que os monstros que fizeram essa barbaridade são minoria nas arquibancadas.

As manifestações de repúdio ao ocorrido e de apoio à Pedro, vem acontecendo em várias torcidas. A Loucos Pelo Botafogo, por exemplo, se manifestou através da sua página do Facebook:

Tayan, Botafoguense de 27 anos, também esteve no hospital hoje, fez sua doação e comentou a importância do movimento:

- O que aconteceu com o rapaz é algo inaceitável. Num é questão de torcida, é um desrespeito ao ser humano. Não é porque ele é tricolor e eu botafoguense que tenho o direito de agredi-lo ou ele de me agredir. Usar a internet para isso foi muito importante, pois eu não conhecia o rapaz, quem me mostrou a mobilização também não conhecia e teve acesso através da internet. É importante pois vemos aqui gente de outras torcidas e vai ser muito bom ajudar.

Outra torcida que também se solidarizou com o Scudi, foi a Urubuzada, do Flamengo que convocou seus associados à doarem sangue na próxima quinta-feira:

Amilton Lira, flamenguista, de 21 anos, também doou sangue nesta quarta-feira e falou sobre a relevância que a mobilização teve:

- Acho muito importante essa mobilização entre todas as torcidas aqui do Rio porque, quanto menos violência tiver no futebol é melhor. Acho que era o meu dever vir doar sangue, não por ele ser tricolor e eu flamenguista, mas por ele ser um ser humano, como eu e precisar de uma ajuda, em um momento complicado.

A torcida Nação 12, também mostrou apoio através da rede social e convocou para a doação.

A ação, até 12h de hoje (8/02), resultou 164 pessoas se apresentando ao Hospital do Carmo, na Lapa, para doar em nome de Scudi e de sua mãe. A torcida ao qual Pedro faz parte, a Bravo 52, se apresentará amanhã (9/02) e o número de doadores esperados ultrapassa os cem. Andiara que trabalha no setor de captação do banco de sangue do hospital, apoiou a ação e falou da felicidade em ver a união entre as torcidas:

- Estou muito feliz com a mobilização de todas as torcidas, todos realmente a favor do futebol, a favor da união dos times e totalmente contra a violência. Saber que ser diferente é isso, é respeitar a diferença de cada um: futebol, religião, gosto...

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos