Após um mês, Michael deixa a UTI sem se lembrar do acidente de carro

  • Rodrigo Ferreira/Photocamera

Envolvido em um acidente de carro no dia 9 de janeiro, o atacante Michael, enfim, deixou a UTI do Hospital de Base, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. O jogador do Fluminense, que esteve em estado de coma até o dia 23 de janeiro, está consciente e pode receber alta nos próximos sete dias.

A informação foi divulgada pelo site "Globoesporte.com" e confirmada junto ao Fluminense pela reportagem.

De acordo com seu empresário, Felipe Russo, Michael não tem recordações do acidente que sofreu. Atualmente, o jogador está em um quarto no Hospital de Base e a perspectiva é de melhora em seu quadro de saúde. A volta ao futebol é possível.

O acidente aconteceu quando Michael, que se apresentaria ao Fluminense no dia 11 de janeiro, voltava de São Francisco Sales, sua cidade natal em Minas Gerais, e o carro em que estava, como carona, colidiu-se com uma vaca. Então, o jogador, de 23 anos, foi hospitalizado com um traumatismo cranioencefálico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos