Com Ábila 'vingado', Cruzeiro vence Chape e se classifica na Primeira Liga

Na partida em que marcou o retorno de Lucas Silva, o Cruzeiro derrotou a Chapecoense por 2 a 0 no Mineirão e se classificou com uma rodada de antecedência na Primeira Liga. O argentino Ramón Ábila marcou os dois gols da partida, sendo um de pênalti, e se redimiu do pênalti perdido contra os catarinenses em 2016.

Na próxima rodada, a Raposa enfrentará o Joinville na Arena Joinville precisando do empate para garantir a primeira posição do Grupo C. Já a Chape receberá o Atlético-MG na Arena Condá precisando da vitória para ter chance de classificação.

O Jogo

A primeira chegada foi da Chapecoense, que quase abriu o placar com Lourency mas Bryan chegou na hora certa e impediu. O Cruzeiro respondeu com Alex, mas a finalização saiu fraca e Tiepo defendeu sem dificuldade. Depois disso a partida diminuiu de ritmo, mas o Cruzeiro criou uma grande chance com Ábila, após grande jogada entre Rafinha e Bryan. Pouco depois, Rafinha fez ótima jogada individual e forçou uma grande defesa de Tiepo. Chegando bem pelo lado esquerdo, a Raposa conseguiu abrir o placar quando Rafinha foi derrubado, Ábila cobrou e abriu o placar, 1 a 0, finalizando a primeira etapa.

No segundo tempo, Élber teve a primeira boa chance, venceu Tiepo e só não ampliou pois Hiago salvou em cima da linha. Na sequência, Mayke ganhou a dividida, bateu cruzado e Tiepo fez excelente defesa. A Raposa continuou martelando e conseguiu ampliar com um golaço de cobertura de Ábila, 2 a 0. A Chape respondeu com o chute forte de Perrotti, Rafael espalmou e Lourency chutou pra fora, na melhor chance dos visitantes.

Depois disso, a partida teve uma queda no ritmo e ficou mais morna. Sidney Lobo, que substituiu Mano Menezes - suspenso - promoveu o retorno de Lucas Silva, ovacionado pela torcida, à equipe celeste. O volante criou uma grande chance, quando arriscou da intermediária e só não fez um golaço pois Tiepo salvou a Chape. Minutos depois, Élber fez boa jogada pela direita e cruzou para Rafinha chutar, após o corta-luz de ábila, e acertar Hiago. No último lance da partida, Rafinha bateu colocado e Tiepo fez ótima defesa.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 2 x 0 CHAPECOENSE

Data - Hora: 09/2/2017 - 21h45 (de Brasília)

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Público / Renda: Não divulgado

Árbitro: Daniel Nobre Bins (SC)

Auxiliares: Lúcio Beiersdorf Flor (SC) e Julio César Espinoza de Freitas (SC)

Cartões amarelos: Lucas Romero (CRU); Scalon e Wesley Natã (CHA)

Gols: Ábila (37'1ºT - 1 x 0 e 8'2ºT - 2 x 0)

CRUZEIRO: Rafael; Bryan (Fabrício - 17'2ºT), Caicedo, Manoel e Mayke; Hudson (Lucas Silva - 21'2ºT), Lucas Romero e Alex (De Arrascaeta - 31'2ºT); Rafinha, Élber e Ábila. Técnico: Sidney Lobo

CHAPECOENSE: Tiepo; Lucas Marques, Hiago, Guaranpuava e Buzanelo; Scalon (RoneI - INT), Lucas Mineiro e Bryan (Guilherme Lima - 44'2ºT); Lourency, Perrotti e Wesley Natã (Japa -INT). Técnico: Vagner Mancini

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos