Das faltas de Fellipe Bastos à atenção com jovem: rotina especial do Timão

O desgaste da partida contra a Caldense e da viagem de volta feita de ônibus para São Paulo fez o técnico Fabio Carille preservar os jogadores no treinamento desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. A atividade durou apenas uma hora, mas foi sucedida por trabalhos complementares específicos de alguns jogadores. O principal destaque foi o volante Fellipe Bastos, que é responsável pelas bolas paradas da equipe e aprimorou o fundamento.

Fellipe Bastos cobrou entre dez e 15 faltas, com as bolas dispostas em diferentes posições. Contra o jovem goleiro Diego, de 17 anos, o camisa 21 do Corinthians teve ótimo aproveitamento nas batidas, marcando gols na maioria dos lances. Ele também acertou o travessão em duas oportunidades.

O treino de cobranças de faltas de Fellipe Bastos foi "duplo". O volante realizava a batida e assim que o goleiro Diego se levantava, o preparador Mauri Lima levantava a bola na área para treino de cabeceios de Pablo e Balbuena. O trabalho durou cerca de 15 minutos.

No outro campo, mais um trabalho específico: os auxiliares Osmar Loss e Cuca comandaram uma atividade para aprimorar as reações e o passe do jovem volante Ameixa, promovido da base no ano passado. Sem estrear e nem inscrição no Campeonato Paulista, o garoto trabalha para aprimorar fundamentos e disputar posição no Corinthians. Ele foi comandado no sub-20 justamente por Loss, que agora "subiu" para o profissional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos