Em busca da primeira vitória no Gaúchão, Inter recebe Caxias

Após vencer a primeira em 2017, contra o Fluminense pela Primeira Liga, o Internacional recebe o Caxias neste sábado às 21h, no Beira-Rio.

Após empatar com o Veranópolis e perder para o Novo Hamburgo, o Colorado está na 10ª colocação e vai em busca da primeira vitória no Campeonato Gaúcho. Se vencer, o Inter pode pular para a 4ª posição. Já o Grená perdeu para o Novo Hamburgo e derrotou o Grêmio. Na 6ª posição, o Caxias pode assumir a vice-liderança da competição se triunfar.

Antônio Carlos Zago não poderá contar com seis atletas: Nico López, poupado, Gustavo Ferrareis, Ariel, Ceará, Fabinho e Eduardo Sasha, que estão machucados. Além desses, o treinador pode ter que poupar D'Alessandro, Uendel, Roberson e Rodrigo Dourado, por desgaste físico:

- São os dois (Uendel e Dourado) que mais preocupam pela sequência de partidas que realizaram. O D'Ale atuou o segundo jogo com a equipe. Eles preocupam um pouco mais. Aguardaremos até amanhã (sábado). O Roberson também é um jogador que já vem atuando. São os que tenho que esperar. A fisiologia e os preparadores conversarão com eles. Esperamos que se recuperem mais para decidir a equipe que estará em campo - explicou Zago.

Além de brigar para sair da parte de baixo da tabela, o Inter jogará para manter a invencibilidade contra o Caxias no Beira-Rio que vem desde 1999. Na Copa Sul daquele ano, o Grená de Paulo Autuori fez 2 a 0 no Colorado, com gols de Washington e Grizzo.

Para a partida, o esquema será o mesmo da última quarta-feira. A forma como a equipe jogou no 4-3-2-1 agradou Zago:

- O esquema será o mesmo. Não dá para mudar de jogo em jogo. Os jogadores assimilaram muito bem o que conversamos antes da partida. Será mantido o que fizemos contra o Fluminense.

Pelo lado do Caxias, o técnico Luiz Carlos Winck prega a mesma concentração que a equipe teve na vitória contra o Grêmio, para derrotar o Inter fora de casa:

- Precisamos manter o mesmo nível de concentração que tivemos contra o Grêmio. A aplicação tática, tanto defensiva com uma boa marcação quanto no ataque na hora de agredir o adversário.

Provável Internacional: Danilo Fernandes; Alemão, Klaus, Paulão e Uendel (Carlinhos); Anselmo, Rodrigo Dourado (Fernando Bob) e Charles; Valdívia e D'Alessandro (Andrigo); Roberson (Carlos). Técnico: Antônio Carlos Zago

Provável Caxias: Marcelo Pitol; Thiago Machado, Jean, Edson Borges e Márcio Goiano; Marabá, Elyeser, Júlio César, Wagner e Reis; Gilmar. Técnico: Luiz Carlos Winck

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos