Sem data de estreia no Timão, Jadson aponta 'declaração infeliz' de médico

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Jadson deve entrar em campo pelo Corinthians no começo de março

    Jadson deve entrar em campo pelo Corinthians no começo de março

Sem jogar uma partida oficial desde outubro do ano passado e sem nem sequer realizar treinamentos desde o mês seguinte, o meia Jadson vai demorar um tempo para ficar à disposição do técnico Fabio Carille e ser utilizado nas partidas do Corinthians.

O próprio jogador de 33 anos ainda não sabe o prazo que será necessário para sua reestreia com a camisa alvinegra, o que deve ocorrer apenas a partir de março, segundo Carille.

"Estou há algum tempo parado, é importante ter uma bate de treinamento para não acontecerem lesões. Estou treinando dois períodos desde que cheguei e me esforçando ao máximo. O tempo vai depender da forma como estiver evoluindo, então espero que seja o mais rápido possível. Por mim já iria ao jogo amanhã (contra o Santo André), mas as condições físicas ainda não são as melhores", disse o meia, em sua apresentação.

O aspecto físico de Jadson neste início da segunda passagem pelo Corinthians, aliás, já foi tema de polêmica nos bastidores. Antes mesmo da oficialização da contratação do jogador, o consultor médico do clube, Joaquim Grava, deu uma entrevista à Fox Sports dizendo que o meia havia se apresentado quatro quilos acima do peso e em condições físicas ruins, o que demandaria um bom tempo de preparação.

O meia reagiu mal às declarações, e no mesmo dia postou um texto numa rede social dizendo que teria que "calar muita gente, como foi em 2015". Em sua apresentação, o jogador esclareceu a polêmica e falou sobre seu momento físico após um ano defendendo o Tianjin Quanjian, da China.

"Houve uma entrevista do doutor Joaquim Grava, até assisti, e ele não falou na maldade dessa situação, mas foi uma declaração infeliz. Depois conversamos, sem problema nenhum. Eu não tinha nem assinado com o Corinthians e as pessoas já falavam que eu não estava em forma. Que jogador que vem de férias, ainda mais eu, desde novembro sem atuar, bem fisicamente? Acabei me irritando na hora, falei com meu assessor. Mas algumas pessoas fazem comentários maldosos, pegaram um trecho da entrevista e fiquei chateado, por isso postei. Mas sempre tratei todos bem, abri a porta da minha casa, sempre com as críticas fui respeitoso e trabalhei para melhorar. Ali no texto eu generalizei um pouco, mas para deixar claro são só algumas pessoas da imprensa. Quem se sentiu ofendido, só peço desculpas. Mas é erguer a cabeça, continuar trabalhando e mostrar meu futebol novamente", disse, antes de completar,

"Estou me esforçando dentro e fora dos treinamentos. Quero ir para os treinos técnicos o mais rápido possível. O comprometimento com o grupo, a instituição, todos que confiaram no meu trabalho, é o que me motiva. A torcida pode ter total confiança que vou me esforçar o máximo dentro e fora de campo para chegar à forma física. Essa questão de quilos é irrelevante, o importante é estar em forma, bem e apto."

Jadson deverá perder sete partidas do Corinthians na temporada por conta de sua preparação especial, a começar pelo duelo contra a Caldense, pela Copa do Brasil, na última quarta-feira. Entre estes compromissos, clássicos contra Santos e Palmeiras pelo Campeonato Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos