Otero revela como começou a cobrar faltas e revela inspiração em R10

O golaço de Rómulo Otero diante do Joinville, nessa quinta-feira (9), pela Primeira Liga, evidencia a qualidade do venezuelano na bola parada. O que poucos sabem é como surgiu este dom e quem inspira o gringo do Atlético-MG.

O meia-atacante conta que trabalha as finalizações de bola parada com o seu pai desde a infância, o que contribui para que seja considerado um especialista.

- Desde muito pequeno, meu pai me ensinou muito a bola parada. Aprendi muito com ele. Eu sempre ficava treinando sozinho, ele tinha uma escola de futebol e, quando terminava o treino, eu ficava sozinho batendo bola parada. Foi muito bom pra mim, me especializei mais. Agora, sou reconhecido pela bola parada, a habilidade é graças a ele - afirmou.

Ele ainda revela que se inspira em um ídolo do Galo: Ronaldinho Gaúcho.

- Não é meu ídolo, mas eu gosto muito, muito, de Ronaldinho Gaúcho. Sempre vi seus vídeos de bola parada, e sempre tratava de fazer o que ele fazia em campo - comentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos