Após pior público, corintianos falam em reconquistar a Fiel com vitórias

A vitória por 1 a 0 diante do Novorizontino ficou marcada no Corinthians, e não só pelos três pontos que garantiram a entrada no grupo de classificação à segunda fase do Campeonato Paulista. A partida da terceira rodada do Estadual representou de longe o pior público da história da Arena Corinthians, com apenas 11.708 pagantes e renda de R$ 473.376,10. A marca negativa mais forte antes disso foi de 17.135 na partida contra o Atlético-MG, em outubro do ano passado.

Apesar de admitirem que o número reduzido de torcedores presentes na Arena Corinthians tenha causado estranhamento, jogadores e profissionais da comissão técnica acreditam que a evolução do futebol do Timão é o único elemento que pode fazer a torcida voltar a acreditar - entre os dez piores públicos da história da Arena, oito foram nos dez últimos jogos do Timão.

- Vão passar os jogos, a gente vai ter um melhor conjunto, melhor entrosamento, e o torcedor vai voltar. Fazendo nosso melhor, acreditamos que o torcedor vai nos acompanhar - disse o técnico Fabio Carille, que teve o discurso seguido pelos comandados.

- Acho que a torcida do Corinthians sempre apoiou em todos os momentos. Conforme a gente for vencendo, eles vão de repente voltar pro estádio de novo. A gente não tem que reclamar da torcida, eles sempre nos apoiam em todas as circunstâncias. A gente tem que estar focado no nosso trabalho, creio que o que a gente fizer dentro de campo vai influenciar eles a virem à Arena e nos apoiar. Creio que essa vitória foi fundamental para estar numa evolução de um grande trabalho esse ano - sentenciou o meia Marlone.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos