Galeria L! mostra participação do Fluminense nos últimos 15 anos de Copa do Brasil

Invicto no Campeonato Carioca, o Fluminense enfrenta, nesta quarta-feira, o Globo-RN no Estádio Manoel Barretto, em Ceará Mirim, com a missão de voltar para casa com vaga garantida.

Na maioria das edições que participou nos últimos 15 anos, o Fluminense dependeu da segunda partida para eliminar o adversário. Em 2017, tal situação não poderá se repetir, já que nas duas primeiras fases os jogos serão únicos. Veja o desempenho do time nos últimos 15 anos de Copa do Brasil.

2002

Em 2002, pela primeira fase da Copa do Brasil, o Fluminense encarou o Sampaio Correia, no Castelão, e perdeu por 2 a 1. Rogerinho e Gilson marcaram os dois gols do Sampaio e Marco Brito diminuiu a diferença para o Fluminense, marcando o único gol da partida do lado do tricolor carioca.

De volta ao Maracanã, o Fluminense bateu o Sampaio Correia por 5 a 1. O time maranhense começou pressionando e abriu o placar com gol de falta de Fabinho e o Fluminense só conseguiu empatar aos 44 minutos. Na volta para o segundo tempo, o time parecia totalmente diferente e conseguiu virar e vencer com goleada. O time que passou sufoco no primeiro confronto, marcou mais quatro gols no segundo tempo, com Magno Alves (2), Fernando Diniz e Caio.

2003

Na Copa do Brasil de 2003, o Fluminense pegou seu xará Fluminense de Feira. No estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana, o time da casa saiu na frente com Obina, aos 32 minutos. Ainda sem muita técnica mas com disposição, o time carioca voltou ao campo para virar a partida. Não conseguiu, mas deixou tudo igual com Carlos Alberto, aos 8 minutos do segundo tempo. 1 a 1.

De volta ao Rio, o Fluminense bateu o Flu de Feira de Santana por 4 a 0. Parece que jogar em casa é o que mais motiva o Tricolor carioca. No jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil 2003, Jadílson (2), Zada e Marcelo conseguiram a classificação do Fluminense para a segunda fase do torneio.

2004

Em 2004, o Fluminense disputou vaga para a segunda fase com o Caxias do Sul, no Ernesto Sobrinho, em Joinville, e bateu o dono da casa por 3 a 1, e conseguiu classificação direta, por ter vencido o primeiro jogo com mais de um gol de diferença. Na partida, Vicente marcou o único do Caxias e Léo Moura, Ramon e Antônio Carlos balançaram a rede do adversário três vezes.

2005

Na Copa do Brasil de 2005, o Campinense venceu o Fluminense por 1 a 0, no Amigão. O único gol da partida foi marcado por Fábio Júnior. No jogo, Marquinho, que atuava pelo Fluminense foi expulso, o que deixou o time carioca em desvantagem.

No jogo de volta, o Tricolor carioca bateu o Campinense por 3 a 1. Tuta (2) e Felipe foram os responsáveis pela comemoração da torcida no Maracanã. Para diminuir a diferença, Helinho fez um para o Campinense. Mais uma vez teve expulsão. Marcos Mendes deixou o time do Campinense com um a menos.

2006

Em Cuiabá, o Fluminense venceu o Operário-MT, por 3 a 2 na estreia da Copa do Brasil 2006. Os gols do Tricolor carioca foram marcados por Cláudio Pitbull, Lenny e Bruno. Odil e Fabiano foram responsáveis pelos gols do Operário. Tal placar daria a vaga para o Fluminense mesmo se perdesse por 1 a 0 ou 2 a 1 na partida de volta.

Parece que o time não se deixou levar pelo favorecimento. Na partida de volta, no Maracanã, o Fluminense marcou os mesmos três gols, com Tuta, Cláudio Pitbull e Evando. Pelo Operário, quem marcou o único do time foi Diogo. Na partida, nem a expulsão do goleiro Ernandes, após falta violenta em Tuta, prejudicou o time de guerreiros.

2007 - Ano da conquista do título

Em Rio Branco (Acre), o Fluminense venceu o Adesg por 2 a 1. Na estreia, Soares abriu o placar para o Fluminense seguido por Alex Dias. A equipe acreana diminuiu com Diego. No Maracanã, o Fluminense não teve a menor dificuldade para bater o Adesg. Com gols de Cícero, Thiago Silva, Lenny, Alex Dias e Thiago Neves (2), o tricolor venceu por 6 a 0 e foi à segunda fase.

2008

O Fluminense não participou da edição de 2008 da Copa do Brasil porque estava disputando a Libertadores e havia confronto entre as datas dos torneios.

2009

Na estreia contra o Nacional de Patos, o Fluminense não conseguiu adiar o jogo de volta, com o placar de 1 a 0, gol marcado por Éverton Santos, em João Pessoa. Na segunda partida, realizada no Maracanã, o Fluminense venceu por 3 a 0, com gols de Everton Santos, Tartá e Thiago Neves, de pênalti, e se classificou para segunda fase.

2010

A estreia do Fluminense não foi agradável em 2010. Repleta de erros, o time conseguiu apenas um empate por 1 a 1 com o modesto Confiança-SE. Fred, que poderia ter ampliado o placar, perdeu um pênalti e o único gol do Fluminense foi feito por Gum. Do lado do clube sergipano, quem marcou foi Diogo.

Na partida de volta, Fred, que pecou no primeiro jogo, foi o autor dos dois gols que classificaram o Fluminense para a segunda fase. A vitória não foi tão fácil e o goleiro Pantera, do Confiança, foi o grande nome da partida ao realizar grandes defesas.

2011

Fluminense não disputou a Copa do Brasil de 2011, porque ao conquistar o título de campeão brasileiro em 2012, garantiu vaga na Libertadores.

2012

Em 2012 não foi muito diferente. Com o 3º lugar na classificação do Campeonato Brasileiro de 2011, o time conquistou vaga na Libertadores e não participou da Copa do Brasil.

2013

Com o título do Campeonato Brasileiro 2012, Fluminense não participou da Copa do Brasil mais uma vez, indo à Libertadores.

2014

Após quase ser rebaixado em 2013, o Fluminense teve um mal início na Copa do Brasil de 2014. Na estreia, o Tricolor perdeu para o Horizonte por 3 a 1. Dico, Marciel e Jajá marcaram os gols do clube cearense e Conca marcou o único do Tricolor. Na partida de volta, o time carioca não parecia o mesmo. Ciente de que tinha que vencer a partida para avançar, o Fluminense marcou 5 a 0 em cima do Horizonte. Com gols de Conca, Gum, Rafael Sóbis, Wagner e Fred, o Fluminense pagou o saldo que estava devendo e conseguiu uma boa classificação para a segunda fase.

2015

Em 2015, o Fluminense conseguiu vaga direto para as oitavas de final da Copa do Brasil, por ter sido o 6º colocado no Campeonato Brasileiro de 2014. Na partida de estreia, contra o Paysandu, o clube carioca levou a melhor e saiu na frente com o placar de 2 a 1. A partida de volta não foi nada diferente, tanto que o Flu também venceu por 2 a 1. Enquanto Yago Pikachu foi o autor dos dois gols do Paysandu nas partidas, o Fluminense teve gol de Renato e Magno Alves na primeira, e Cícero e Marcos Junior na segunda.

2016

Na última Copa do Brasil, o Fluminense bateu o Tombense por 3 a 0 na primeira partida, anulando o segundo confronto. Na vitória que garantiu classificação direta, Gerson, Marcos Junior (2), foram as estrelas da partida, donos dos gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos