Botafogo se posiciona à favor de 'experiências' por segurança no futebol

As consequências da barbárie. Depois que um torcedor morreu e oito ficaram feridos nas brigas no entorno do Estádio Nilton Santos, antes do jogo entre Botafogo e Flamengo, no último domingo, o Ministério Público Estadual pediu torcida única nos clássicos do futebol carioca. O MP entrou com a ação na Justiça, no Juizado do Torcedor e Grandes Eventos, na tarde de ontem.

Até por isso, o Botafogo divulgou uma nota oficial se posicionando sobre o episódio. Segundo o clube, a experiência de torcida única já deu certo em outros estados e o Glorioso estaria à favor de experiências para melhorar as condições para os torcedores alvinegros. Além disso, o clube também criticou a responsabilidade que ele teria em cadastrar os seus torcedores organizados.

Confira a nota na integra:

"Apesar de considerar que no último domingo houve um ponto fora da curva, pois o Gepe sabe fazer escolta, chegada e saída de organizadas, o Botafogo é favorável a experiências no sentido de melhorar as condições de segurança do futebol. Esse tipo de experiência, de torcida única, já deu certo em outros estados.

O que o Botafogo não considera simples é ter a responsabilidade de cadastramento de membros de organizadas. É uma premissa quase impossível, porque os clubes não têm poder de fichar torcedores nem tem como controlar acesso a um local. Para o poder público, pode ser mais viável.

Se for a decisão dos órgãos competentes, o Botafogo estará pronto para colaborar."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos